Amanteigado e, ao mesmo tempo, crocante, o cookie perfeito é aquele que deixa o nosso paladar em festa. Detalhes como o tipo de chocolate, os confeitos e os acompanhamentos também fazem toda a diferença para que o doce fique ainda melhor.

Além de apreciar o sabor dos cookies, há quem arrisque prepará-los em casa. Alguém aí já tentou? Para todo mundo conseguir o resultado ideal da sobremesa, selecionamos sete dicas essenciais para o melhor cookie da vida de vocês!

Ingredientes certos

Foto: Olive And Mango

Não é novidade que mudar – mesmo que minimamente – qualquer ingrediente da receita altera o resultado final. No caso dos cookies, muitas pessoas insistem em utilizar a margarina no lugar da manteiga. A receita pode até dar certo, mas com certeza não ficará igual a original.

Respeite também a temperatura indicada para cada um dos ingredientes. Os ovos, por exemplo, precisam estar em temperatura ambiente. Não deixe de confirmar que todos eles estão fresquinhos. Aqui no site já demos algumas dicas de como saber se o ovo está estragado!

Misture bem os ingredientes

Foto: Also The Crumbs Please

Uma das etapas mais importantes no preparo de cookies é a mistura da manteiga com o açúcar. Sendo assim, mexa muuuito bem esses dois ingredientes. É fundamental que o açúcar se dissolva por completo, formando um creme aerado e branquinho.

Caso não tenha paciência de bater bastante com o fouet, é só colocar a mistura na batedeira em velocidade média! Depois de acrescentar os ovos e a farinha, continue mexendo bem até que a massa fique uniforme e homogênea.

Coloque a massa na geladeira

Foto: Garnish and Glaze

Uma das dicas mais valiosas quando se trata de acertar o ponto e textura do cookie! Os apressados de plantão terão que controlar a ansiedade, porque a massa do biscoito precisa ficar pelo menos uma hora dentro da geladeira antes de ir para o forno.

Muitas pessoas acabam dizendo que o certo é deixar a massa descansando de um dia para o outro, mas nem todo mundo tem essa paciência, certo?

Capriche na pitada de sal

Foto: Charley’s Health

O cookie perfeito leva uma boa pitada de sal. Como explicamos no post sobre ingredientes que harmonizam com chocolate, o sal é um ótimo coringa para evidenciar o sabor das sobremesas e equilibrar o doce das receitas.

Na nossa receita de cookies com gotinhas de chocolate, por exemplo, uma colher de sal é o ideal para ressaltar o sabor dos outros ingredientes 😉

Grade de resfriamento

Foto: Love & Olive Oil

As grades de resfriamento fazem parte dos utensílios básicos de confeitaria. Afinal, elas são necessárias não só para o preparo de cookies, como também de bolos. Apoiar o doce sobre a grade faz com que o ar circule por todos os lados e esfrie uniformemente. Os cookies, por exemplo, ficam mais sequinhos quando passam por essa etapa de resfriamento.

Quem pretende cobrir os cookies com chocolate ou qualquer outra calda também pode aproveitar a grade para isso. Basta colocar uma forma por baixo e despejar a cobertura sem medo de ser feliz. Todo o excesso irá escorrer e os cookies ficarão ainda mais deliciosos!

Formato dos cookies

Foto: Olive And Mango

Quer um formato de cookie perfeito e padrão? É só utilizar uma colher de sorvete para fazer as bolinhas! Além de ser bem mais prático, vocês não irão perder tanto tempo moldando a massa. Outro detalhe que merece ser mencionado: não achatem as bolinhas! Elas irão derreter naturalmente, cada uma criando a sua própria personalidade.

Assadeira ideal

Foto: Peanut Butter + Chocolate

O tipo de assadeira também faz toda a diferença na hora de assar os cookies. O ideal é que a forma seja mais grossa, sem bordas (ou com bordas bem curtinhas). As assadeiras muito finas acabam esquentando rápido demais, fazendo com que o fundo dos cookies queimem com mais facilidade.

Ah, e nem pense em untar a forma com manteiga ou margarina! O correto é cobrir o fundo da assadeira com papéis antiaderentes, como no caso de um bom papel manteiga.

VEJA TAMBÉM