concurso-de-baguetes-franca-danielle-noce-1

Foto – Vem da Terra

Se tem uma coisa que eu amo na França é baguete. Não tem nada mais parisiense do que enfrentar uma bela fila no fim da tarde e voltar para casa (ou hotel) com a melhor baguete do mundo na sacola!

concurso-de-baguetes-franca-danielle-noce-3

O que muita gente não sabe é que a França faz um concurso anual que elege a melhor baguete do país! Esse ano, pela segunda vez, o padeiro francês de origem senegalesa Djibril Bodian venceu. Ele trabalha da padaria Grenier à Pain (38, rue des Abbesses, XVIIIe). O legal desse concurso é que o profissional é reconhecido, não apenas o lugar em que trabalha.

concurso-de-baguetes-franca-danielle-noce-4

Foto – Cristina Mello

Se você não está muito perto da padaria vencedora, ainda tem outros padeiros super bem avaliados:

  • Sami Bouattour, 193 rue de Tolbiac (XIIIe);
  • Hure, 150 avenue Victor Hugo (XVIe);
  • Christian Vabret et Philippe Samoes, 30 rue d’Alésia (XIVe);
  • Jacky Renouf, 249 boulevard Voltaire (XIe);
  • Régis Chevant, 152 avenue de Versailles (XVIe);
  • Charles-Didier Tchouassi, 63 rue de Turbigo (IIIe);
  •  Jean-José Philippe, 25 avenue de Saint-Ouen (XVIIe)
  •  Les Gourmandises d’Eiffel, 187 rue de Grenelle (VIIe);
  • Abdallah Mourag, 85 rue Saint-Dominique (VIIe);
  • Guillaume Delcourt, 100 rue Boileau (XVIe).

concurso-de-baguetes-franca-danielle-noce-2

Foto – Pinterest

Dica: Se você quer explorar e descobrir a melhor padaria da região é só observar qual delas tem a maior fila entre às 16:30 e 17:30 (horário que os parisienses costumam comprar suas baguetes). Inclusive, nas melhores padarias (ou boulangerie), é bem difícil encontrar algo após às 18:00, porque mesmo fechando mais tarde eles preferem fazer menos baguetes para não sobrar para o dia seguinte. É tudo bem fresquinho!