Você provavelmente já deve ter escutado a expressão “da estação” quando mencionam alguns tipos de frutas e legumes. Mas o que de fato isso quer dizer? Basicamente, cada tipo de alimento natural tem uma época do ano que o favorece. 

Dessa forma, frutas, verduras e legumes crescem mais e ficam mais saborosos quando estão nesses meses e dias ideais. É como um período em que todos os fatores contribuem para o seu crescimento e colheita – desde o clima até as condições do solo. 

Hoje em dia existem existem várias técnicas, produtos e fornecedores que abastecem o mercado com todos os tipos de alimento o ano todo, mas eles nem sempre vão ser tão gostosos quanto aqueles colhidos na época certa.

Para você conhecer todos os benefícios de consumir frutas e legumes da estação, listamos as cinco razões principais. Depois de ler todas elas, tenho certeza que você passará a notar mais no sabor e na disponibilidade de todas essas delícias 😉

Foto: Tijana Drndarski

PRODUTOS MAIS FRESCOS

Como já tínhamos adiantado na introdução, os alimentos da estação são sempre mais saborosos e fresquinhos. Se você provar um abacaxi no verão ou na primavera, por exemplo, irá perceber que ele é bem mais suculento e doce do que nos meses com temperaturas mais amenas. 

Frutas, principalmente, possuem um tempo de amadurecimento bem regrado – que é muito mais respeitado quando os produtores plantam e colhem nos meses corretos. Até mesmo a aparência delas fica diferente quando estão bem saudáveis e com pouco uso de agrotóxicos. 

Sendo assim, sempre que estiver em busca de produtos naturais com sabores bem concentrados e frescos, olhe a tabela de sazonalidade para conferir aqueles que estarão mais gostosos. 

frutas da estação
Foto: Stephanie Studer

ALIMENTOS MAIS NUTRITIVOS

Além do sabor, frescor e suculência dos produtos da estação, todos eles ficam mais nutritivos! Esse é um detalhe que poucos prestam a atenção, mas que faz toda a diferença para quem busca uma alimentação mais saudável e balanceada. 

Frutas, verduras e legumes ficam com maior concentração de vitaminas e minerais porque crescem conforme as melhores condições para o seu desenvolvimento. Assim, são usados poucos ou nenhum tipo de agrotóxico para que eles amadureçam. Consequentemente, esses alimentos chegam nas prateleiras tendo completado seu ciclo natural, atendendo ao seu tempo “biológico” e evitando procedimentos artificiais. 

Foto: Nadine Primeau

ECONOMIA

Sim, pode acreditar! Consumir alimentos da estação também faz bem para o seu bolso. Seja você capricorniano ou não, todo mundo gosta de perceber que está economizando – nem que seja um pouco 😉

Como esses produtos sazonais seguem padrões climáticos, isso significa que em algumas épocas do ano teremos abundância de uns e escassez de outros. Justamente por isso que percebemos nos mercados e nas feiras maior oferta de um determinado produto. E já que os produtores possuem mais estoque que o normal das frutas e legumes da estação, o preço diminui para que eles vendam tudo, evitando desperdícios e prejuízos. É a clássica lei da oferta e demanda em ação. 

Outro fator que encarece os produtos fora da estação, além do uso de métodos artificiais para o seu cultivo e amadurecimento, é o custeio do transporte. Muitos acabam sendo importados de outras regiões ou vindos de ambientes climatizados. Esses valores vão sendo agregados ao preço do produto final, que acaba pesando mais no bolso do consumidor. 

Eu sei, às vezes dá vontade de comer aquele morango bem gostoso no meio do verão. Mas, é importante lembrar que essa é uma fruta do inverno, e por isso ela estará mais cara e menos doce se comprada fora dos meses mais frios. E fazer esse exercício mental com todos os outros produtos é fundamental. 

Foto: Merve Aydın

MELHOR PARA O PLANETA

A gente já mencionou vários motivos ao longo da publicação sobre o porquê consumir frutas da estação é o melhor para o meio ambiente, mas aqui vai um reforço. De forma bem resumida: (1) menor liberação de agrotóxicos no solo e lençóis freáticos, (2) diminuição na liberação de carbono, gás que prejudica o efeito estufa e é gerado principalmente por indústrias e transportes e (3) fomento de uma produção mais sustentável e local. 

Viu como uma simples ação como dar preferência para alimentos da estação já ajuda o planeta? Muitos acabam tendo a percepção de que é necessário ter grandes gestos e atitudes, mas esses pequenos comportamentos individuais já fazem a diferença – e a Terra agradece 😉

Foto: Markus Spiske

CONSUMO DE PEQUENOS PRODUTORES

Antes de mais nada, precisamos entender o que são alimentos orgânicos. De modo geral, são aqueles que crescem sem a utilização de produtos químicos ou qualquer tipo de hormônio durante seu desenvolvimento. Isso significa que as frutas, verduras e legumes da estação ganham uma vantagem quando se trata de crescimento natural.

Por isso, um dos fatores mais observados pelos produtores orgânicos e locais é a sazonalidade de frutas, verduras e legumes. Afinal, elas são fáceis de cultivar, rendem boas safras, são gostosas e vendem bem.

Então, para valorizar esse trabalho, que tal procurar por esses tipos de produtos? Você vai estar fomentando o comércio local, ajudando o planeta, economizando e, de bônus, levando para casa itens super fresquinhos e cheios de sabor! 

Foto: Alex Meier

ALIMENTOS DE CADA ESTAÇÃO

Agora que você já conhece os cinco principais motivos pelos quais você deve consumir alimentos da estação, aqui vai uma lista com cada época do ano e as mulheres frutas, verduras e legumes para comprar em cada uma delas. 

Foto: Louis Hansel @shotsoflouis

PRIMAVERA

FRUTAS: abacaxi, banana prata, laranja, mamão havaí, melancia, melão, uva, manga.

VERDURAS: almeirão, couve-flor, alface, repolho, escarola, brócolis, manjericão, nabo. 

LEGUMES: cenoura, abobrinha, berinjela, beterraba, chuchu, mandioquinha, pimentão. 

VERÃO

FRUTAS: carambola, figo, cupuaçu, goiaba, graviola, laranja pera, mamão formosa, pitaya.

VERDURAS: alface, escarola, salsa, rúcula. 

LEGUMES: abobrinha, beterraba, berinjela, pimenta cambuci, quiabo, tomate, pimentão.

OUTONO

FRUTAS: abacate fortuna, atemoia, banana maçã e banana nanica, carambola, kiwi, tangerina, maracujá. 

VERDURAS: agrião, espinafre, louro, hortelã, rabanete, salsa, repolho. 

LEGUMES: beterraba, berinjela, abóbora, batata doce, cará, ervilha torta, mandioca, mandioquinha. 

INVERNO

FRUTAS: abacate fortuna, atemoia, carambola, kiwi, laranja baía, morango, mexerica, tangerina poncam. 

VERDURAS: agrião, couve, couve-flor, rabanete, palmito, espinafre, louro, hortelã.

LEGUMES: abóbora japonesa, batata doce, ervilha, mandioca, mandioquinha, cará. 

***

Gostaram das dicas e explicações? Se quiserem a tabela de sazonalidade completa, com informações sobre frutas, verduras e legumes, é só apertar aqui