Eu e o Paulo acabamos acordando um pouco mais tarde no terceiro dia de viagem (e segundo de passeio) em St. Petersburgo, por isso decidimos tomar brunch no Pkhali Khinkali. O local é especializado em comida da Geórgia, um país bem perto do sul da Rússia. Das 10h ao 12h eles servem apenas café da manhã e por isso eu pedi ovo mexido com tomate e dill e o Paulo um combo com khachapuri, que é basicamente um pão recheado com ovo e queijo. Os dois pratos estavam incríveis!

Se vocês já assistiram aos vídeos, sabem que resolvemos conhecer alguns brasileiros morando na Rússia. Nosso segundo encontro foi com o César Camargo, cantor de ópera que já mora por lá há sete anos. Ele foi chamado pelo Teatro Mariinski  para fazer uma audição no país, após terem o descoberto através de um vídeo no YouTube. Dá para acreditar que ele foi para lá sem saber nada de russo e hoje já fala o idioma? Atualmente, ele trabalha no Teatro Zazerkalie, então você pode ver ele performando caso vá para a cidade 😉

O restaurante escolhido para o nosso almoço foi o RA Family. O menu é inteiramente vegano e a proposta deles é servir comida crua. O Paulo não curtiu muito, mas eu confesso que adorei! Acredito que depende muito do seu gosto para comida e da escolha no menu, claro. Ah, se você for até lá, não deixe de provar o shot de gengibre, beterraba e mel e também o chá de masala com leite de coco 🙂 E se você curte lugares com uma decoração fofa e descolada, também vale a pena a visita!

No primeiro dia de viagem a gente passou por uma “feirinha de rua” e por um mercadão mais tradicional, mas é óbvio que a gente não deixaria de entrar em um supermercado comum e comprar várias besteiras, né? Fomos escolhendo os produtos pela embalagem mesmo (como os chás super fofos) e pelo que parecia ser mais bizarro: snacks de peixe, frutas de todos os tipos desidratadas, pringles de mel, salgadinho de caranguejo

Tiveram algumas coisas que nem nós mesmos arriscamos comer como os cogumelos enormes bem escuros e as dezenas de variações de picles! É claro que você não precisa fazer uma loucura dessas na viagem para a Rússia e por isso mesmo contamos o que vale ou não a pena provar nesse vídeo 😉

E já que a gente curte terminar o dia comendo bem, escolhemos jantar no Polniy Balet principalmente pela seleção maravilhosa de sobremesas (estrelas da casa) que eu estava louca para provar. Eu queria tanto, mas tanto experimentar os doces que fui para o lugar já sabendo que eles não teriam nenhuma opção de prato vegetariano. Acabei comendo só uma saladinha e o Paulo não curtiu tanto assim o prato.

Segundo ele, o vinagrete com arenque estava mais ou menos, mas isso porque os sabores que ele sentiu eram realmente bem diferentes do que o que estamos acostumados. Às vezes a nossa primeira experiência é um tanto quando impactante, né? A dica, então, é ir tomar um café e se acabar nos doces!

Foto: TripAdvisor

Mas vamos ao que interessa? As sobremesas, essas sim, valeram muito a pena. Escolhemos duas opções recomendadas pela garçonete que nos atendeu – aliás, conversem com as pessoas locais para ter as melhores dicas, viu? A primeira era uma mousse de coco com geleia de maracujá e tabasco. A geleia estava só no meio da mousse e essa combinação de sabores não tem erro, né? Agora, o tabasco estava bem delicado, mas trouxe um toque picante que fez toda a diferença!

A segunda escolha foi também uma mousse, mas essa era de chocolate com crocante de chocolate e caramelo de chocolate salgado. Essa é surreal, intensa na medida, sabe? Não dá nem pra descrever direito porque nunca comi algo assim, sério mesmo! Esse é um lugar que todo apaixonado por doces precisa conhecer, afinal, o chef confeiteiro Ilnaz Iskakov está sempre mudando o menu e trazendo novas técnicas e sabores.

Por esse vlog deu pra notar o quanto a gente curte experimentar novos sabores e ter experiências gastronômicas inesquecíveis, né? Eu sei que você também é desses e pra conferir todos os detalhes desses lugares é só assistir o vlog completo aqui embaixo 😉