Roma é um dos destinos que fazem parte do nosso imaginário, afinal, depois de anos estudando a história desse lugar tão icônico, fica difícil resistir e não querer conhecer uma cidade tão importante. Como vocês sabem, adoro compartilhar com vocês algumas dicas que facilitam a vida no destino e com Roma não seria diferente.

Conhecer pelo menos o básico do lugar para onde você vai viajar é essencial, por isso vou contar para vocês algumas dicas sobre a capital italiana. Apesar da Itália ser um destino bem adaptado para turistas e não exigir nem visto, vale a pena saber algumas coisinhas antes de planejar a viagem.

Quando ir

Foto: Photogrist

O verão na Itália é muito quente e seu auge é em agosto. Se você não curte ficar embaixo de um sol quente o dia inteiro e também não gosta da sensação de abafado, evite ir para Roma nessa época do ano. Além do calor, é período de alta temporada por lá e isso significa  que os preços ficam mais altos e cidade mais movimentada por causa dos turistas. Isso sem contar que agosto é mês de férias por lá, então, você ainda corre o risco de encontrar algumas lojinhas fechadas.

Já o inverno não é muito rigoroso, porém chove bastante, o que pode atrapalhar alguns passeios. As melhores épocas para você ir para a cidade são o outono e a primavera. Abril, maio, setembro e outubro são os meses ideais. As temperaturas são agradáveis e a cidade não está tão cheia. Ah, mas vá sempre preparado para um pouco de chuva, porque isso é bem imprevisível 😉

Hospedagem

Foto: Nadya Fes

Escolher bem onde você vai se hospedar é extremamente importante. Muitas vezes as pessoas querem economizar o máximo que podem no hotel e acabam ficando afastadas demais do centro, tendo que gastar mais com o transporte. Por isso é necessário pensar bem onde ficar e qual hotel escolher!

Uma das regiões mais legais para ficar na Roma é o centro histórico, que tem desde hotéis mais simples até opções super luxuosas. Outros bairros que estão entre os mais procurados pelos turistas são o Trastevere e o Monti. Todos essas áreas ficam próximas da maioria dos pontos turísticos e você poderá fazer a maioria dos passeios por Roma a pé.

Locomoção pela cidade

Foto: Culture Trip

Você não vai precisar de um carro para andar por Roma, já que a cidade é pequena e a maioria dos trajetos são bem curtos – principalmente se você estiver hospedado próximo ao centro. O trânsito da cidade pode ser bem caótico e você não vai querer se estressar em uma viagem de férias. Em resumo, a ideia da locação de carro não é uma das melhores  e só indico para quem vai viajar para outras cidades próximas. 

O transporte público de Roma é ótimo – tanto os ônibus quanto o metrô – e te leva para a maioria dos pontos turísticos! Como os locais mais visitados da cidade costumam ser próximos uns dos outros, uma das melhores forma de conhecer a cidade é caminhando. As ruas de Roma são encantadoras e recomendo que você caminhe por lá sem rumo, porque um simples passeio pode se tornar surpreendente.

Culinária local

Foto: Blog Lovin

Esse é um dos meus tópicos favoritos, não importa para onde vou viajar. A culinária típica da Itália é deliciosa e bem diversificada. Acho que é impossível conhecer alguém que não goste de pelo menos um prato típico italiano, afinal, são massas, gelatos, pizzas, queijos, vinhos… Eu, por exemplo, sou apaixonada por sorvete, e em Roma a tradição dessa sobremesa é muito comum. Se quiser um bom gelato, a Fatamorgana é uma das sorveterias mais conhecidas.

Ah, uma das coisas que fará você economizar por lá é a água. Roma é cheia de fontes com água potável e isso significa que você não precisa ficar comprando várias garrafinhas ao longo da viagem. Contanto que tenha pelo menos uma garrafa, é só enchê-la sempre que precisar em algumas das fontes ou torneiras espalhadas pela cidade.

Pontos turísticos

Foto: @lagaiavita

Como já falei para vocês, a maioria dos pontos turísticos ficam bem próximos uns dos outros. Mesmo assim, o ideal é que você não tente conhecer tudo em apenas um ou dois dias, porque são lugares muito incríveis para serem visitados com pressa. Por mais que você vá para Roma em baixa temporada, reserve os tickets das atrações que quiser visitar com antecedência. Além de você garantir sua entrada, também evita filas durante a viagem!

Os lugares mais famosos por lá são o Coliseu, a Fontana Di Trevi, o Panteão e a Basílica de São Pedro. Em breve vou postar mais informações sobre eles aqui no site! Apesar dos inúmeros pontos turísticos, visite também lugares que não sejam tão comuns entre os turistas. A maioria deles você acaba conhecendo conforme caminha pela cidade 🙂

Roma Pass e Omnia Card

Foto: @terrenik

Assim como em Amsterdam, Roma possui dois tipos de passes que são ótimos para os turistas. O primeiro deles é o Omnia Card, que tem duas versões: uma válida por 24 horas e outra válida por 72 horas. Na primeira opção, ele permite entrada aos Museus Vaticanos, a Capela Sistina e também a entrada no Open Bus. A segunda opção, que ao meu ver já é bem melhor, oferece as mesmas coisas e te dá direito a um Roma Pass 72h.

O Roma Pass 72h dá acesso “gratuito” a dois pontos turísticos e descontos nos outros. Além disso, também pode ser usado nos transportes públicos da viagem quantas vezes você quiser no período de 72 horas. Esses tipos de cartões são ótimos para quem pretende conhecer quase todos os pontos turísticos da cidade sem gastar muito e sem perder tanto tempo nas filas!

Visita ao Vaticano

Foto: Helene In Between

O Vaticano fica dentro de Roma e é a sede da Igreja Católica, onde fica também a residência do Papa. Apesar de ocupar um espaço pequeno de Roma, essa região é extremamente rica culturalmente. Lá você encontra, por exemplo, a Capela Sistina, que nada mais é do que uma galeria de arte dentro de um espaço sagrado.

Esse é um ponto de parada obrigatório para quem gosta de apreciar arte e ver de perto os famosos afrescos de Michelangelo, Rafael, Bernini e Botticelli. A arquitetura dos museus e da capela também é encantadora. Para você aproveitar bem esse passeio, sem ter imprevistos, não vá para o Vaticano de shorts ou com os ombros aparecendo, porque eles são bem rígidos quanto a isso!

***

Essas são as principais coisas que vocês precisam saber sobre Roma! Se tiverem mais alguma dica muito importante e legal comentem por aqui 🙂 Já já entram muitos outros posts sobre a cidade, afinal, seria impossível falar sobre a Roma em tão poucos tópicos.