Ruas descoladas, galerias de arte, restaurantes e cafés diferentes e cervejarias artesanais são a cara de Marvila. O bairro costuma ficar de fora do roteiro da maioria dos turistas, por isso anote todas as dicas que vou dar para vocês agora. Marvila é querido tanto pelos moradores locais como também por quem está pela cidade de passagem, então não deixe de aproveitar para conhecer uma região tão interessante como essa.

Essa região da cidade era conhecida por ser um bairro indústrial. No entanto, as fábricas acabaram mudando de lugar ao longo dos anos e Marvila acabou ficando abandonada e esquecida por um período de tempo. Foi com a vinda de novos empreendedores que essa parte da cidade se transformou. Hoje, ela conta com vários espaços modernos, criativos e inovadores 🙂

Cervejas artesanais

Foto: Divisare

Já falei para vocês sobre as cervejas artesanais de Lisboa no post sobre os melhores bares da cidade, mas não poderia deixar esse tópico de fora dessa lista. Várias cervejarias artesanais ficam localizadas em Marvila – você pode até mesmo fazer um roteiro só para conhecer cada uma delas.

As três marcas que possuem a sede nessa parte da cidade são a Dois Corvos, Lince e a Musa. Cada uma das marcas possui pelo menos três tipos de cerveja. Ou seja, tem receita da bebida para todos os gostos. Quem não curte cerveja pode até achar os gostos bem parecidos, por isso aprecie bem o sabor para diferenciar as marcas e escolher qual a sua preferida.

Cantinho Vintage

Foto: Divulgação

Eu adoro conhecer lojinhas vintage, principalmente porque acho objetos antigos uma graça e eles são ótimos itens de decoração. Brechós também são bons lugares para encontrar artigos nesse estilo, como já falei para vocês em outro post. No caso do Cantinho Vintage, ele vende apenas itens de decoração e móveis vintage.

A loja ocupa um galpão bem grande e com uma carinha industrial que reflete toda a história do bairro. Em relação às peças a venda, cada uma delas é única e cheia de personalidade. Algumas delas são um pouco mais caras, mas a qualidade e o design dela são as características que as tornam especiais. Para vocês terem uma ideia dos produtos, é só clicar aqui. Mesmo que você não vá comprar nada, é um passeio interessante para quem curte objetos antigos!

Galerias de Arte

Foto: Divulgação

Muitos galpões industriais e antigos armazéns foram transformados em espaços criativos ou em galerias de arte. Essa concentração de galerias em Marvila fez com que o bairro se tornasse uma referência para quem quer conhecer um pouco da arte contemporânea da cidade. Uma das mais conhecidas e visitadas é a Underdogs Gallery. Ela busca trazer para dentro da galeria um pouco da arte urbana e também novos elementos visuais. Ou seja, elementos que inovem e transformem aquela ideia fixa que temos de arte.

Menos conhecida, mas também super interessante é a Galeria Francisco Fino. As exibições contam com obras de artistas de diferentes nacionalidades e costumam variar bastante entre quadros mais tradicionais e esculturas diferentes. Outros espaços que seguem essa mesma linha são a Galeria Baginski e a Galeria Múrias. Caso você queira ver como funciona um espaço de coworking, onde as pessoas colocam em prática toda a criatividade, vá até a Fábrica Moderna!

Restaurantes e cafés

Foto: A Diva da Rechousa

Para aproveitar bem o passeio não tem nada melhor do que fazer pausas para comer, né? O restaurante Aquele Lugar Que Não Existe é, sem dúvidas, um dos mais procurados por lá. Os donos do local não permitem fotos e gravações dentro do local, por isso ele é considerado um “mistério” por algumas pessoas da cidade e por turistas curiosos. Ele fica na Rua do Açúcar 89, então para entender melhor a proposta do restaurante você terá que ir até ele. A especialidade deles são as pizzas com sabores bem exóticos. Localizado nessa mesma rua, o Entra também é uma boa opção de restaurante, servindo refeições tradicionalmente lusitanas.

Quanto ao cafézinho da tarde, não deixe de ir ao Café com Calma. A decoração do lugar é uma casa e eles fazem doces e salgados deliciosos. Os bolos da casa são super elogiados, como o bolo de cenoura com nozes e ganache de chocolate. Ah, eles também servem um brunch cheio de delícias, o que pode ser uma boa alternativa para quem acordou um pouco mais tarde e já quer sair para passear. Entre as opções estão mini quiche, creme de legumes e um patê de berinjela.

Biblioteca de Marvila

Foto: Indústria Criativa

Outro passeio cultural interessante na região é conhecer a Biblioteca de Marvila. Ela é a maior biblioteca municipal de Lisboa, com um acervo super variado e eventos que valem a pena comparecer. Ela ocupa uma antiga casa senhorial que estava abandonada, sendo transformada em um espaço incrível para quem curte bibliotecas e programações culturais. Caso você queira dar uma olhadinha na programação do local, é só entrar no site da biblioteca!

***

Como vocês devem ter percebido, Marvila é a região perfeita para quem curte arte e cultura. Além de todas essas coisas que eu mencionei, eles também possuem uma academia de parkour, a Spot Real! Pode ser uma atividade bem divertida para quem curte esportes e tem vontade de tentar algo novo 😉