Viajar sempre é uma experiência incrível, mesmo quando passamos por alguns perrengues. Uma das melhores formas de guardar recordações desses passeios, além da nossa memória, é fotografando os principais momentos da viagem. Eu e o Paulo, por exemplo, trabalhamos com isso e nos preocupamos muito com a qualidade das fotos que tiramos e o cenário de cada uma delas.

Como Lisboa é um dos nossos próximos destinos, já estou selecionando alguns locais interessantes para fotografar. Além dos principais e tradicionais pontos turísticos, a cidade é cheia de cantinhos especiais. Assim como em Roma, quase todas as ruas são encantadoras e charmosas, por isso não tenha medo de caminhar sem rumo por lá. De qualquer forma, é sempre bom já ir sabendo alguns pontos de referência, né?

Convento do Carmo

Foto: Andrea’s Travels

Apesar de atualmente só terem restado suas ruínas, o Convento do Carmo é um dos lugares mais lindos e diferentes de Lisboa. Ele foi fundado em 1389, mas boa parte da construção foi destruída no terremoto de 1755. 

O local ficou sem um teto, por isso os arcos do convento e o céu logo acima formam uma paisagem maravilhosa. Se você gosta de espaços históricos e construções antigas não deixe de fora o Convento do Carmo. Mesmo que você não esteja interessado em tirar fotos, vale a pena conhecer esse local!

Museu dos Azulejos

Foto: @visit_lisboa

Uma das principais coisas que associam a Portugal são os azulejos desenhados. Eles ficam espalhados por diferentes construções na cidade, incluindo casas e restaurantes. Caso você se interesse por esse tipo de arte e tenha vontade de conhecer ainda mais sobre ela, é só ir ao Museu dos Azulejos.

Além da exposição permanente, que conta a história dos azulejos portugueses, as paredes do museu são cheias de detalhes e com desenhos muito precisos. Os espaços externos do local também são super interessantes, e tudo com a carinha de Portugal 🙂

Torre de Belém

Foto: @dianamiaus

Apesar de ser um destino cliché, a Torre de Belém é um ótimo ponto para tirar fotos encantadoras. A partir de 1983 ela foi considerada Património Mundial UNESCO e em 2007 eleita uma das Sete Maravilhas de Portugal. Ou seja, é realmente um lugar surreal!

A torre já serviu para diferentes funções, como forte, prisão e farol. Só lado de fora da torre já vale a pena a visita, mas também não deixe de dar uma volta por dentro dela. É como se você voltasse no tempo e estivesse na época em que a construção foi feita.

Arco da Rua Noberto de Araújo

Foto: Snow To Seas

O arco da Rua Noberto de Araújo não costuma ser um lugar muito visitado, já que ele fica embaixo do Miradouro Portas do Sol. Como o mirante é um lugar muito visitado, você pode aproveitar o passeio para explorar também essa parte do arco. 

O que torna o arco interessante são os desenhos feitos por baixo dele – uma história em quadrinhos que explica brevemente o surgimento de Lisboa. Além de ser informativo, o local é muito fofo. Os desenhos são bem coloridos e é um cenário divertido para tirar fotografias.

Beco de São Miguel e Alfama

Fotos: Jess Somewhere

O Beco de São Miguel fica em Alfama, um dos bairros mais incríveis da cidade. Aliás, já fiz um post com várias atividades para fazer por essa região de Lisboa. Como é uma área super movimentada e com muita coisa para ser feita, você com certeza irá passar por essa parte da cidade.

Aproveite esse dia da viagem para ir até o Beco de São Miguel e tire fotos encantadoras nessa travessa. As casinhas são uma graça e algumas partes da rua possuem escadinhas perfeitas para uma foto bem autêntica e, ainda sim, que tenha a cara de Portugal!

Elevador de Santa Justa

Foto: @hellotravellers_

Inaugurado em 1902, o Elevador de Santa Justa ainda é um dos lugares mais tradicionais e encantadores de Lisboa. A estrutura dele, feita pelo engenheiro Raoul Mesnier, continua a mesma e ainda funciona perfeitamente. O topo do elevador te leva a um mirante que pode ser acessado também pelo Convento do Carmo caso você já esteja no nível superior da rua.

A graça desse passeio está em usar um meio de transporte criado décadas atrás e que continua funcionando. Apesar de atualmente ter uma função mais turística, ele era ótimo para pessoas que quisessem chegar logo a parte mais alta do bairro. As fotos de dentro do elevador e também do miradouro ficam lindas e cheias de histórias para contar 🙂

MAAT

Foto: Abdozeedo

Para quem curte ambientes mais clean e fotos bem iluminadas, não deixe de ir ao Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia de Lisboa. A arquitetura dele é simplesmente incrível, com formatos bem diferentes e uma textura ainda mais linda nas paredes externas. Outro ponto positivo do museu é a sua localização, que tem uma vista perfeita para a Ponte 25 de Abril.

O pôr do sol visto desse local é surreal, então deixe para ir até o museu nessa parte do dia. Caso você se interesse pelas exposições do MAAT, dê uma olhadinha nas que estarão acontecendo quando você for para lá. O espaço abre das 11h até as 19h, por isso se programe direitinho para conhecer o local.

A Rua da Rosa

Foto: Andrea’s Travel

Apesar de ser um espaço bem comum e sem muitas peculiaridades, a “Rua Rosa” é uma das mais visitadas do Bairro Alto. Ela na verdade se chama Rua Nova do Carvalho e é conhecida dessa forma por ter boa parte do asfalto pintado de rosa, formando um corredor colorido em meio as casinhas típicas de Portugal.

Além de ser um bom lugar para tirar fotos, a rua é cheia de cafés e bares bem locais, deixando a região mais movimentada. A rua costuma ficar um pouco suja pela manhã por causa da vida noturna agitada, por isso recomendo que você vá até ela na parte da tarde!

Mosteiro dos Jerónimos

Foto: @poshbrokebored

Estou sempre falando em vídeos de viagem o quanto eu admiro construções cheias de detalhes e decorações feitas com uma precisão surreal. O Mosteiro dos Jerónimos é um exemplo disso! A arquitetura dele é maravilhosa, tanto na parte externa como também na interna. Ele é tão importante para a cidade que foi declarado  Monumento Nacional em 1907 e, em 1983, Património Cultural de toda a Humanidade pela UNESCO.

Para você se sentir dentro de um castelo ou tirar fotos com estilo mais clássico e antigo, é só ir até ele. A entrada é paga, sendo que o bilhete para adultos custa 10 €. Pode parecer caro, mas é um passeio que merece ser feito. As recordações serão lindas e você está conhecendo um pouco mais da história de Portugal de uma forma lúdica e interessante 🙂

The Sweet Art Museum 

Foto: Meow Meow

O The Sweet Art Museum ficará aberto apenas até o final de agosto de 2018, por isso aproveite para ir até ele caso já esteja em Lisboa ou vá para a cidade ainda nessa época. O local é super divertido e cheio de cenários super criativos e diferentes para fotos.

As exibições lembram um pouco o Ice Cream Museum, que hoje em dia fica em NY E São Francisco. As salas são decoradas com paredes rosas, doces gigantes, piscinas de marshmallow e banheiras com “confeitos” super coloridos. É um passeio animado e renderá fotos muito coloridas.

Village Underground

Foto: Isabel Saldanha

Um espaço bem alternativo e descolado, próximo a LX Factory, é o Village Underground. Ele é formado por contentores marítimos e ônibus desativados, tudo pintado com cores bem fortes e alguns grafites que fazem toda a diferença. Ele funciona como um espaço de produção cultural, principalmente voltada para o coworking.

Dê uma passadinha por lá para tirar as fotos e depois dê uma explorada pela área. Você encontrará até mesmo alguns cafés instalados nesses espaços. É um projeto super interessante, principalmente para quem tem vontade de começar um negócio e está em busca de um espaço legal e barato para instalar um pequeno escritório.

Miradouro de Santa Luzia Lisboa

Foto: @filippavitorino

Por último, mas não menos importante, o Mirante Santa Luzia. Ele tem uma vista maravilhosa para a cidade, principalmente ao entardecer. Localizado bem ao lado do Castelo de São Jorge, ele conta com dois andares – a vista de ambos é encantadora. Outro fato que torna esse miradouro ainda mais especial são os azulejos azuis em algumas partes dos muros. Eles deixam o local uma graça e as fotos ainda mais especiais.

***

Lisboa é uma cidade maravilhosa e esses são apenas alguns dos milhares de lugares que vocês podem ir. Como sempre, se vocês têm ainda mais dicas, comentem por aqui 😉