doces-portugueses-mariandthecity-ickfd

Pastel de Nata, Toucinho do Céu, Bola de Berlim… A confeitaria portuguesa é muito vasta e uma característica inconfundível é a presença de gemas de ovos e muito açúcar na maioria dos seus doces. Diz a lenda que alguns dos mais tradicionais doces portugueses são também chamados de doces conventuais porque foram inventados pelas freiras. Na época, elas usavam as claras dos ovos para engomar seus hábitos e, a um certo ponto, resolveram misturar as gemas que sobravam com açúcar.

Assim, foram surgindo as guloseimas portuguesas nos conventos e em outros ambientes religiosos. Justamente por conta disso, muitas das suas invenções receberam nomes de santos e anjos. Embora o mais conhecido deles seja mesmo o pastel de nata, há uma série de outras delícias de Portugal que você com certeza precisa provar (se não tiver feito isso ainda!).

BOLA DE BERLIM

O doce que os portugueses chamam de Bola de Berlim em Portugal é conhecido como sonho aqui no Brasil. Ele foi inspirado em um doce típico alemão chamado Berliner e chegou a Portugal pelas mãos de famílias judaicas que conseguiram escapar da Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial. A grande diferença é que o alemão Berliner normalmente usa frutas vermelhas e a sua versão portuguesa usa creme pasteleiro português à base de ovos. No Brasil, o sonho é recheado com creme de confeiteiro, nata ou doce de leite. Clique aqui para conferir uma receita infalível!

Fonte: I Could Kill For Dessert

PASTEL DE SANTA CLARA

O pastel de Santa Clara teve origem no convento de mesmo nome e é um dos mais conhecidos doces conventuais portugueses. Dizem que, em tempos de crise econômica, as freiras começaram a vendê-lo aos estudantes da Universidade de Coimbra. A partir daí, o pastel de Santa Clara começou a se popularizar.

doces-portugueses-pastel-santa-clara-restaurantealfaia-ickfdFonte: Restaurante Alfaia

TOUCINHO DO CÉU

O toucinho do céu é uma espécie de bolo feito com açúcar e gemas de ovos aos quais se adicionam amêndoas moídas. É um doce feito em todo o país, mas tem uma série de diferenças de região para região.

doces-portugueses-toucinho-ceu-elisacorrea-ickfdFoto: Elisa Correa – Editora Globo

OVOS MOLES DE AVEIRO

Esse doce é bem tradicional e teve sua origem na cidade de Aveiro.  É uma massa composta por gema de ovo, açúcar e água dentro de uma película que parece uma hóstia.

doces-portugueses-ovos-moles-aveiro-confeitariapeixinho-ickfd2doces-portugueses-ovos-moles-aveiro-confeitariapeixinho-ickfdFonte: Confeitaria Peixinho

BRISA DO LIZ

A Brisa do Liz parece o quindim brasileiro, mas é só a aparência mesmo. Na verdade,  ele é um doce de ovos misturado com amêndoas.

doces-portugueses-brisas-do-lis-fleischmann-ickfdFonte: Fleischmann

SALAME DE CHOCOLATE

Esse doce tem um certo destaque entre os demais pela presença do chocolate como um de seus ingredientes, uma raridade na confeitaria portuguesa. Ele é feito com chocolate, bolachas, manteiga, ovos e vinho do porto em formato cilíndrico para lembrar um salame de carne.

doces-portugueses-salame-chocolate-yemekliz-ickfdFonte: Yemekliz

TRAVESSEIRO DE SINTRA

É um clássico que não pode ficar de fora do roteiro gastronômico de quem vai a Sintra. O travesseiro de Sintra é feito com uma massa folhada coberta com açúcar e recheada com creme de ovos e amêndoa.

doces-portugueses-travesseiro-sintra-thebook-ickfdfonte: The Book

***

Depois de conhecer um pouco mais sobre estes docinhos típicos, tem certeza de que vai ficar só no pastel de nata?