Na confeitaria, alguns utensílios são fundamentais. Já falamos sobre o fouet, por exemplo, usado principalmente para deixar as massas aeradas e fofinhas. Dessa vez, vamos falar sobre o pão duro ou espátula. Basicamente, esse utensílio é usado para mexer massas, nivelar bolos e espatular coberturas e recheios.

Foto: Sally’s Baking Addiction

Por ter um material mais flexível – o silicone – o pão duro é perfeito para raspar bowls e tigelas sem deixar muitos resíduos do alimento no recipiente. Desse modo, você reduz a quantidade de massa que fica grudada na vasilha. Além disso, o pão duro também retira com precisão os ingredientes que ficam guardados em potinhos e latas. Afinal, não queremos desperdiçar nada, certo?

Para ser ainda mais eficaz, as marcas desenvolveram espátulas com diversos formatos. As mais arredondadas, por exemplo, são perfeitas para misturar a massa e unificar todos os elementos que fazem parte da receita. Já a espátula reta é útil para alisar as massas e deixar coberturas cremosas mais texturizadas. No caso de bolos, o pão duro é ótimo para mexer tudo de forma delicada, sem que a massa fique muito pesada. 

Foto: The Bojon Gourmet

Geralmente, o cabo do pão duro costuma ser de plástico. No entanto, caso queira um item que dure por mais tempo, invista em uma espátula com o cabo de madeira. Além de serem mais bonitas, o tempo de vida delas é bem maior!

E então, quem aí já é fã desse utensílio?