julianolamur-cafeemcasa020-hario-arabicasimples1

Olá!

Nossa série sobre métodos de extração está chegando ao fim e quero dizer que gostei muito do feedback que tive dos nossos queridos leitores e leitoras! No café (assim como na vida, acredito) crescemos muito quando colocamos conhecimentos em prática, trocamos ideias e compreendemos outros pontos de vista. Por isso, obrigado a vocês pela leitura, pelas dúvidas e pelo carinho! Se você perdeu algum dos posts anteriores e quiser ver, ainda dá tempo clicando aqui!

Nosso último método de extração (por enquanto, hehe) é o porta filtro Hario V60, que possui um design diferente da maioria dos outros porta filtros e está se tornando cada vez mais popular aqui no Brasil.

julianolamur-cafeemcasa020-hario-arabicasimples2Fotos: Juliano Lamur

A Hario é uma empresa japonesa que existe desde 1921, e sua especialidade são utensílios de vidro à prova de calor. Depois de um bom tempo fabricando utensílios para laboratórios, a empresa decidiu começar uma linha doméstica nos anos 50. O porta filtro V60 começou a ser produzido recentemente, por volta de 2005, e desde então já se tornou o principal produto da Hario.

Segundo os fabricantes, o V60 tem 3 grandes diferenciais: o formato cônico, que direciona a água para o centro; um único buraco grande no meio, que permite maior controle do fluxo de água; e suas ranhuras em espiral, que criam um espaço entre o filtro de papel e o porta filtro, fazendo com que o café possa “se expandir melhor” (palavras da Hario). Tudo isso para dizer que você tem um grande controle de variáveis e pode preparar cafés maravilhosos, de acordo com seu paladar.

julianolamur-cafeemcasa020-hario-arabicasimples3

O V60 existe em 3 tamanhos e atualmente tem 4 versões feitas de materiais diferentes (cerâmica, vidro, acrílico e cobre). Gosto muito desse método, especialmente pela simplicidade e pelo controle de variáveis. Se você procura uma maneira bonita de preparar e servir um café filtrado, aproveite e tome nota da receita!

Proporção: aproximadamente 1 parte de café para 15 de água, ou 1:15. Isso quer dizer que você vai usar 20g de café para 300ml de água.

Moagem do café: média fina a média.

Modo de preparo:

1. Moa o café imediatamente antes de começar a preparar a bebida. Lembre-se de pesar o pó antes do preparo, para poder repetir ou corrigir sua receita numa próxima vez. Prepare um cronômetro também, se você tiver.

2. É um bom hábito passar uma água quente pelo seu filtro de papel antes de colocar o café dentro dele. Esse detalhe simples ajuda a diminuir o sabor residual do papel, além de servir para estabilizar a temperatura do recipiente que vai ter contato com a bebida.

3. Coloque o café moído dentro do filtro e acrescente 60g de água, molhando por igual todo o pó. Esse processo é conhecido como desgaseificação ou blooming. Inicie seu cronômetro e espere de 35 a 45 segundos.

4. Em seguida, acrescente o restante da água em movimentos circulares, em intervalos de mais ou menos 10 segundos. Molhe principalmente as áreas mais escuras do pó, que estão menos saturadas com água. Espere a água baixar antes de acrescentar mais.

5. A extração deve estar chegando ao fim quando seu cronômetro chegar em 3 minutos. O tempo é uma variável importante, então preste atenção: se a extração foi rápida demais, provavelmente seu café está com a moagem muito grossa; e se demorou muito, a moagem pode estar muito fina.

6. Retire o filtro de papel com cuidado (principalmente se tiver um pouco de água dentro, pois estará quente) e descarte. Seu café está pronto e delicioso. 😉

Tempo de preparo: por volta de 4 minutos.

julianolamur-cafeemcasa020-hario-arabicasimples4

Fico por aqui com os métodos de extração, e se você gostou das fotos desse post dá uma olhada lá no meu Instagram.

Vamos tomar um café?

julianolamur-cafeemcasa020-hario-arabicasimples5