Por mais que esse pareça um detalhe bobo, o tipo de faca de cozinha utilizada faz toda a diferença no resultado do corte dos alimentos. E além do tamanho e formato, é preciso ficar de olho também no material dos utensílios!

Tanto na hora do preparo como também ao cortar um salgado e sobremesa já prontos, é essencial que a faca tenha um corte preciso e seguro. Pensando nisso, aqui vão algumas dicas de como escolher a faca ideal 😉

Posição da lâmina

faca de cozinha
Foto: Jennifer Pallian

Primeiro de tudo, você deve estar atento quanto a posição da lâmina. O ideal é que ela atravesse todo o cabo. Ou seja, ela deve estar integrada e forjada desde o início do cabo. Sendo assim, evite aquele utensílios nos quais a lâmina começa apenas próxima do final da base. Isso garantirá uma precisão e durabilidade ainda maiores.

Material

faca de cozinha
Foto: Caroline Attwood

Todo mundo já ouviu aquela expressão “o barato sai caro”, certo? Esse ditado popular é muito bem aplicado em várias situações, incluindo a compra de uma boa faca de cozinha. Muitas vezes ficamos tentados por promoções inacreditáveis e acabamos comprando um utensílio de qualidade inferior. Para evitar que isso aconteça, sempre leia bem a descrição do produto e veja quais são os materiais que o compõem.

No caso das facas, por exemplo, as melhores são aquelas feitas de aço inox. Elas ainda correm o risco de oxidar, mas são resistentes e com manutenções mais fáceis. As facas de aço carbono também são ótimas e com uma durabilidade bem longa. No entanto, a conservação dela precisa ser feita com mais cuidado.

Os modelos que devem ser evitados os de cerâmica. Facas desse material não duram anos e também se quebram com maior facilidade. Mesmo sendo mais baratas, você sentirá a necessidade de comprar uma nova dentro de poucos meses.

O material do cabo também deve ser levado em consideração na hora da compra. A maioria costuma ser feita de plástico ou outros materiais do tipo, que possuem uma boa resistência. Caso pretenda adquirir uma faca com o cabo de madeira, avalie bem a qualidade do utensílio!

Peso e equilíbrio

faca de cozinha
Foto: NordWood Themes

Outros detalhes que não podem ficar de fora das considerações são o peso e o equilíbrio do utensílio. Quando a faca é mais leve, ela oferece ao cozinheiro uma maior velocidade e precisão. Ela é ideal para cortar delicadamente uma fava de baunilha, por exemplo. As facas mais pesadas são um pouco mais difíceis de manusear, mas ótimas para cortar ingredientes mais resistentes.

Com relação ao equilíbrio, ele é fundamental para que os cortes sejam feitos com o mínimo de esforço necessário e com maior precisão. Para saber se a faca que você pretende comprar tem um bom equilíbrio, basta apoiá-la nos seus dedos ou punho (com o fio de corte para baixo). Se o fabricante não se preocupou com essa característica do utensílio, ele irá cair de onde estava apoiado por um lado ser mais pesado que o outro.

Teste

faca de cozinha
Foto: Max Delsid

Depois de todas essas questões mais técnicas, uma dica um pouco mais simples. Não adianta nada comprar a melhor faca de cozinha do mercado se o cabo não se encaixar confortavelmente em suas mãos. Portanto, segure o utensílio como se fosse realmente utilizá-lo e decida qual tipo de base é ideal de acordo com o seu gosto e comodidade.

***

Quem aí já se sente mais preparado para comprar uma boa faca? Logo mais vamos explicar para vocês também as diferenças entre os principais tipos de faca. Enquanto isso, deem uma olhadinha também no post sobre os tipos de forno e fogão mais comuns do mercado 😉