São Petersburgo é a segunda maior cidade da Rússia, ficando atrás somente de Moscou. Só por esse dado a gente já consegue imaginar que existem muitos lugares para conhecer por lá, né? As ruas da cidade são um charme e cada cantinho tem uma característica que o torna único.

A paisagem do lugar é linda e com vários canais, por isso muitas pessoas São Petersburgo comparam com Veneza. Para vocês não ficarem muito perdidos por lá, vou falar as 5 regiões mais legais e que merecem ser visitadas. Ainda não vou contar muito sobre pontos turísticos, porque em breve farei um post só para isso 😉

Nevsky Prospekt 

Foto: L. G. via Pinterest

Você não pode ir embora de São Petersburgo sem ter caminhado pela Avenida Nevsky. Ela é, basicamente, a principal rua da cidade. Por esse motivo é super movimentada, tanto por pedestres como também por carros – é quase impossível ver essa parte da cidade tranquila. Vários hotéis ficam localizados nessa região, além de também muitos restaurantes e bares.

Um dos lugares mais gostosos por lá é o Ukrop, um café com uma decoração super fofa e especializado em comida vegetariana e vegana. Ao final da avenida você encontra o Monastério Alexandre Nevsky que, assim como o local, tem o nome do grande líder da Rússia Medieval.

New Holland 

Foto: Steemkr

A cidade não possui muitas áreas verdes, mas a região de New Holland é uma das exceções. Essa pequena ilha, no passado era fechada ao público porque era usada para construção de navios e armazéns navais. Apenas em 2010 o espaço foi cedido ao bilionário russo Roman Abramovich que restaurou a ilha e a abriu para o público em 2011.

É uma área super gostosa para passear, não só pelas áreas verdes, mas também pelos pequenos cafés e lojinhas. Para quem curte lugares mais hipsters, não dá para deixar de ir até essa parte da cidade. Um dos pontos mais visitados por lá é o New Holland Arch, que foi projetado por Vallin de la Mothe em 1779.

Vasilievsky Island 

Foto: ISM

A Vasilievsky Island é a maior ilha de São Petersburgo e é considerada a maior parte do centro histórico. Para chegar até ela você provavelmente passará por alguma ponte – provavelmente será a Ponte do Palácio ou a Ponte Blagoveshchensky que são as duas mais famosas da cidade. É legal passear a pé pela ilha, então tire um dia para tentar conhecer toda a região!

Várias das construções mais antigas da cidade ficam nessa área, como a Universidade de São Petersburgo, o museu Kunstkamera e a Academia de Ciências da Rússia. A parte leste é mais movimentada por causa da universidade, e lá você encontra vários bares e uma vida noturna bem agitada. Ah, tem como chegar até a ilha de metrô – a estação mais próxima é a Vasileostrovskaya.

Petrogradskaya 

Foto: Ycnex

Petrogradskaya é um distrito composto por 3 ilhas: a  Ilha de Zayachy , a Ilha de Aptekarsky e a Ilha de Petrovsky. Todas elas ficam bem próximas e possuem uma atmosfera mais antiga por causa das suas construções. As ruas têm um charme único e são muito agradáveis para caminhar. Nessa região da cidade ficam importantes pontos turísticos e históricos, como a Fortaleza de Pedro e Paulo, o Parque Central de Kirov e o Alexander Park.  

Assim como em Vasilievsky Island, a região é bem agitada, principalmente por estudantes. Eles possuem ótimas universidades e instituições de pesquisa por lá. Dificilmente você encontrará algum lugar abandonado, por isso é uma ótima área para passear até mesmo durante a noite.

Pushkin 

Foto: Simple Wikipedia

Pushkin é uma parte mais periférica de São Petersburgo, mas tem atraído muitos visitantes por causa de sua arquitetura, como o Palácio de Catarina. Essa construção é linda tanto na parte externa como também no interior, que está aberto a visitações.

Em frente ao palácio há o Catherine Park, que tem jardins incríveis e uma paisagem maravilhosa. Ele é cheio de lagos, esculturas e diferentes trilhas para que você conheça a área de vários ângulos. No outono e na primavera ele fica ainda mais lindo!

***

São Petersburgo é repleta de lugares incríveis, né? Eu e o Paulo não vemos a hora da nossa viagem para lá. Me contem por aqui se deixei de fora alguma região que também seja importante!