Conhecer os pontos turísticos de Sintra é como entrar em cenários de filme a cada parada. Apesar de muitos a considerarem uma cidade, Sintra é uma vila super especial. Localizada a mais ou menos 25 km de distância de Lisboa, a região é cheia de cantinhos encantadores e lugares surreais.

Para vocês terem uma ideia da importância da vila, ela é considerada Patrimônio da UNESCO na categoria de paisagem cultural protegida. Caso você esteja programando uma viagem para Portugal, não deixe de separar um dia do roteiro para conhecer Sintra e aproveitar um pouco do encantamento que suas atrações oferecem. Para fazer uma programação bem legal, é só anotar as dicas que vou dar agora 😉

Como chegar

Foto: @m.a.x.i.m.i.l.i.a.n

Como já falei para vocês em outros posts, uma das melhores formas para se locomover por Portugal é de carro. Por ser um país pequeno, você tem a chance de fazer uma road trip inesquecível. Você só precisa alugar o carro e, depois, planejar a rota. Se sair de Lisboa, o tempo de viagem será de menos de meia hora. Bem rapidinho, né?

Caso você não tenha a opção de alugar um veículo, é possível chegar em Sintra de trem. Nesse caso, a viagem será de menos de uma hora, mas ainda sim levará mais tempo do que de carro. Chegando em Sintra, você terá que conhecer a cidade usando os ônibus locais. É bem tranquilo, mas não deixe de contar o tempo de espera dos ônibus na hora de montar o roteiro.

Onde comer

Foto: @alinaoxente

Para começar a manhã bem, ou tomar um café da tarde delicioso, o Café Saudade e a Casa Piriquita são dois dos lugares mais bem recomendados por lá. O Café Saudade é um lugar super fofo e que faz tortas de maçãs deliciosas – a parte de confeitaria deles é dessas que te deixam com vontade de provar de tudo um pouco. Para comer o tradicional travesseiro de sintra em um lugar super tradicional, é só dar uma passadinha pela Casa Piriquita. Eles também servem outros doces, mas os travesseiros de sintra roubam a cena!

Na hora do almoço, um dos restaurantes mais conhecidos por lá é o Incomum by Luis Santos. Ele tem poucas opções vegetarianas/veganas, mas o cardápio para quem come carne é bastante variado. No jantar, duas opções que você não pode deixar de levar em consideração são o Dom Pipas e o Nau Palatina. Os dois são restaurantes voltados para a comida típica de Portugal e costumam ser frequentados por muitos moradores do local 🙂

Quinta da Regaleira

Foto: @ricardojoselourenco

Sempre que viajamos temos que fazer uma listinha com os passeios “must do”, certo? Afinal, não podemos esquecer nenhum dos lugares imperdíveis de cada região. A Quinta da Regaleira é, com certeza, um desses lugares. Não deixe de separar pelo menos umas duas horas para conhecer esse local encantado e surreal de lindo.

Pelas fotos da Quinta da Regaleira, já dá para imaginar a grandiosidade e a beleza de lá. O complexo foi construído no meio de uma floresta, sendo que ele possui diversas grutas, lagos e cascatas, além do enorme palácio. Um dos marcos do local e talvez um dos espaços mais fotografados da Quinta é o poço iniciático.

Esse poço, que se projeta a 27 metros para dentro da terra, é cheio de símbolos e enigmas. Acredita-se que ele era usado para rituais de iniciação à maçonaria! Os turistas curiosos podem descer 9 lances de escada, cada um com 15 degraus, para chegar ao final do poço. Aí está outra referência: há quem diga que esses lances representam os 9 círculos do inferno, como escrito por Dante em A Divina Comédia. É uma história bem diferente e interessante, por isso estamos super ansiosos para conhecer o local.

Castelo dos Mouros

Foto: @littlethings__blog

Quem curte história e construções super antigas irá amar conhecer o Castelo dos Mouros. As ruínas do castelo e a paisagem vista do topo dele são incríveis. É aquele tipo de vista de tirar o fôlego. O lugar é extremamente rico em história, já que ele foi construído por volta do século X e, desde então, apoderado por diferentes dinastias.

Outro fator que alterou sua construção original foi o grande terremoto que atingiu Portugal em 1755. Ainda sim, é um local incrível. Durante o passeio você poderá subir nas torres e conhecer várias partes do Castelo. Além disso, é um ótimo passeio para quem quer conhecer um pouco da história de Portugal e entender a importância da região.

Palácio Monserrate

Foto: @annecurtissmith

Diferente dos outros palácios e castelos de Sintra, o Palácio Monserrate tem uma arquitetura diferenciada. As principais influências para essa construção são indianas e góticas, por isso ele é mais excêntrico e peculiar. A decoração do local também segue essa mesma linha, vale a pena passar algumas horas explorando o espaço!

A parte externa do palácio também é incrível. Os jardins contam com espécies de plantas vindas de diferentes partes do mundo, criando uma paisagem linda. Ah, outro ponto positivo e interessante de ter plantas de diferentes continentes é que sempre haverá alguma delas dando flor ou ficando mais bonita do que o costume. Visitar o local é como dois passeios em um, já que tanto o parque como o palácio são atrações imperdíveis.

Palácio da Pena e Parque da Pena

Foto: @m.a.x.i.m.i.l.i.a.n

Localizado no segundo ponto mais alto da Serra de Sintra, o Palácio da Pena é outro cantinho da vila que não pode ficar de fora do roteiro. Ele fica dentro do Parque da Pena, que reúne jardins e construções bem interessantes. A construção do palácio tem basicamente duas alas, sendo que uma delas era o antigo convento manuelino da Ordem de São Jerónimo e outra feita a pedido de D. Fernando II.

As principais inspirações arquitetônicas para o reparo do mosteiro e construção dessa segunda ala foram construções do romantismo alemão. Para quem tem vontade de conhecer um espaço com características do romantismo, esse é um bom lugar. Além do Palácio da Pena, o Chalet da Condessa também é um ponto de interesse para quem vai até o parque. Ele foi construído para funcionar como uma casa de veraneio dos monarcas, por isso tem uma estrutura bem aconchegante e mais reservada.

Outras atrações

Foto: @livelikeitsthewknd

Caso você tenha ainda mais tempo por Sintra, existem outras opções de passeios tão maravilhosas quanto com os já mencionados. Para ver o pôr-do-sol, por exemplo, o Cabo da Roca e o caminho para a aldeia Azenhas do Mar são dois pontos surreais. Por ficarem afastados do centro de Sintra, esses dois passeios são melhores para quem estiver viajando com carro!

Outras duas construções históricas que costumam fazer parte do roteiro dos turistas são o Convento dos Capuchos e o Palácio de Seteais. Ao meu ver, eles não são tão interessantes quando comparado com as outras atrações. Ainda assim, vale a visita caso você estiver com tempo sobrando 🙂

***

Deixei algum lugar muito incrível de fora do post? Então comentem aqui para eu saber! As dicas de vocês sempre tornam nosso roteiro mais interessante, por isso adoramos quando vocês compartilham suas experiências aqui no site e também no instagram