Não posso dizer que cresci na cozinha vendo minha mãe ou minha avó cozinhar. A verdade é que quase ninguém da minha família gosta da cozinha, e eu jamais pensei que um dia iria me dedicar tanto a culinária.

Depois de casar, 7 anos atrás, a necessidade de aprender a cozinhar aumentou! Ainda mais tendo uma sogra que é uma cozinheira de mão cheia. Eu comecei a perceber que aquilo era o pedacinho que estava faltando! Meu marido foi transferido para os EUA, e de lá para Suíça e eu tive a oportunidade de me expor a várias culturas e com isso, diferentes tipos de culinária.

Na Suíça me aventurei, coloquei minha paixão em prática e abri um negócio fazendo bolos de aniversário e cupcakes. E como eu já previa, adorei! E não quero mais sair da cozinha!

chef huiston1

De volta aos EUA, me matriculei na Culinary Institute LeNôtre (www.culinaryinstitute.edu) em Houston, TX e é exatamente isso que quero dividir com vocês!

 

Vendo o vlog da Danielle, que aliás é fantástico, adorei saber que ela também está na LeNôtre, porém em Paris! E para aqueles que são mais amigos do inglês do que o francês, amam culinária e gostariam de fazer dessa paixão uma carreira ou até mesmo uma realização pessoal, a LeNôtre daqui oferece vários cursos, tanto em cuisine como em confeitaria. As escolas não são “irmãs”, mas o fundador da escola de Houston, Allain LeNôtre, é filho do famoso Gaston LeNôtre, e trouxe com ele toda a experiência, sabor e french flair!

chef huiston2

Allain LeNôtre já trabalhou no Rio de Janeiro, e foi ele quem levou Claude Troigros ao Brasil pela primeira vez para trabalhar com ele no restaurante do antigo hotel Sofitel. Contei para ele que estava escrevendo sobre a escola e quem sabe conseguiria trazer alguns brasileiros para cá e ele, todo empolgado, fez questão de sentar comigo por mais de uma hora contando historias e mais historias! E a escola tem mesmo isso: um clima super amistoso, apesar de sério. O fato de me sentir “em casa” foi uma das razões que escolhi a LeNôtre. Outros motivos foram a proximidade com o centro de Houston, que facilita o ir e vir de todo dia, a reputação da escola e as aulas serem 100% práticas, na cozinha.

Eu fui super bem recebida, as pessoas são simpáticas e ajudam sempre, com informações corretas e rápidas. A escola LeNôtre oferece cursos de Cuisine, Arte Culinária (foco em cuisine porém com mais 3 meses em confeitaria), Confeitaria, Gerenciamento voltado a administração de restaurantes.

A escola não é muito grande e cada turma tem no máximo 12 alunos que são acompanhados de perto pelo chef que, são na maioria, franceses mas falam inglês muito bem. As aulas vão de segunda a quinta, e você tem a opção de escolher período da manha (8:00 às 12:30), tarde (1:00 às 5:30) ou noite (6 às 10:30). O tempo de duração do curso depende do que você escolher fazer. O custo médio dos cursos é de U$25mil. A escola fornece uniforme, equipamentos (set de facas, mochila, etc) e ingredientes. Ao pagar sua mensalidade, o estudante não tem mais nenhum custo adicional. A escola também oferece cursos gratuitos de francês.

Como o sistema educacional dos Estados Unidos é um pouco diferente do Brasil, se você já tem segundo grau ou faculdade pode optar por fazer um curso de 50 semanas, sem as adoradas matérias de matemática, geografia, química, etc. Pode optar também em fazer o curso profissionalizante, que inclui matemática e tudo mais, caso não tenha segundo grau, e esse tem duração media de 100 semanas. No final do curso, depois de ter completado todas as aulas e passado em todas as matérias, tem o estágio obrigatório com duração de 10 semanas. A escola tem convênio com os melhores restaurantes da cidade, além de um convênio com duas escolas-hotéis na França!

chef huiston3

O dia a dia é como se você estivesse na cozinha de um restaurante. No começo não sabia muito bem para que lado correr, mas depois de uma semana ou duas entendi a mecânica da aula, do chef e da escola. Toda quinta-feira o chef nos passa o menu da próxima semana que deve ser estudado em casa. Na segunda já chegamos sabendo qual técnica vamos aprender, quais ingredientes vamos usar. Todo mundo trabalha junto e o fato da turma ser pequena facilita muito, mas como em qualquer trabalho ou sala de aula, tem sempre o folgado, o esperto, o que se acha, e os outros serão seus amigos.

Morar em Houston também é ótimo! O custo de vida é baixo comparado com o resto dos EUA, e aqui foi um dos lugares menos impactados pela famosa crise financeira americana. A revista Forbes recentemente publicou um artigo dizendo que Houston é a cidade mais cool de se viver nos EUA! (www.forbes.com/sites/morganbrennan/2012/07/26/houston-tops-our-list-of-americas-coolest-cities-to-live/2/)

Infelizmente a escola não oferece moradia e você vai ter que procurar um lugar para morar por você mesmo. Mas isso não é um problema por aqui! Tem muita oferta por preços variados. Em geral, os apartamentos já vem com fogão, geladeira, microondas, máquina de lavar louça, máquina de lavar e secar.

A experiência de viver fora e ao mesmo tempo ter a oportunidade de fazer exatamente o que eu sempre quis fazer vale todos os esforços, todas as queimaduras no forno e no fogão! Para mim, não existe nada que traga mais felicidade do que a satisfação pessoal e profissional ao mesmo tempo, e isso eu encontro na cozinha!

Se quiser saber um pouco mais sobre Houston e a escola, meu email é [email protected]

Por Luciana Lazzari