Apesar do caminho ser complicado, percorrer a Carretera Austral foi uma das experiências mais incríveis que já tive na vida. É uma forma super diferente de conhecer o Chile, principalmente para apreciar paisagens maravilhosas e visitar cidades pequenas, que não costumam fazer parte de roteiros turísticos.

Para completar toda a rota, ou pelo menos a maior parte dela, é necessário fazer algumas paradas ao longo da viagem. Como a estrada é muito extensa, algumas partes não possuem nenhum tipo de acomodação, por isso é importante já ir com tudo programado. Pensando nisso, vou compartilhar com vocês alguns dos melhores hotéis por lá 😉

Puyuhuapi Lodge & Spa

Foto: M&R Tours

Uma de suas primeiras paradas pode ser feita no Puyuhuapi Lodge & Spa, que fica em Puyuhuapi. O lugar é uma graça e é muito aconchegante. Por ser um spa e contar com piscinas termais, ele é perfeito para quem está em busca de um espaço bem relaxante e que não seja apenas uma hospedagem de passagem.

Para chegar até o hotel é necessário pegar um barco que parte da vila central de Puyuhuapi, mas isso pode ser resolvido na hora de reservar a acomodação. Várias atrações da Carretera Austral ficam próximas do local, como o Parque Nacional Queulat!

Lodge Cerro Negro

Foto: Booking

Descendo alguns quilômetros da Carretera Austral fica o Lodge Cerro Negro. A arquitetura da hospedagem é super charmosa, com um design moderno, mas que ao mesmo tempo remete a construções antigas por causa da madeira. Eles têm quatro tipos de quartos diferentes, sendo que um deles é o bungalow.

No caso desse tipo de acomodação, elas ficam do lado de fora da construção principal e tem um toque mais rústico, porque até mesmo o interior do quarto tem paredes de madeira. Se você pretende parar em Coihaique, essa é uma ótima opção de hotel.

Terra Luna Lodge

Foto: Visit Chile

Confesso que eu e o Paulo passamos bastante frio no quarto do Terra Luna Lodge. No entanto, ainda sim, gostamos do espaço da acomodação como também da localização do hotel. Ficamos em um quarto que tinha uma vista surreal – eu ficaria horas olhando para ela sem enjoar. 

Mesmo que sua cabine não tenha vista para o Lago General Carrera, você pode observar a paisagem no restaurante ou em outras áreas comuns do lodge. Ah, caso você queira explorar um pouco a região, o Terra Luna oferece algumas opções de passeios que podem ser compradas na hora.

Mallin Colorado Ecolodge

Foto: Audley Travel

O Mallin Colorado foi um dos melhores hotéis que ficamos durante a viagem. O quarto era muito gostoso e também tinha uma vista incrível. Conversando com uma das funcionárias do local, percebi que eles são super preocupados em oferecer aos turistas e viajantes uma experiência diferente das que estamos acostumados.

No café da manhã, por exemplo, comi uma geleia de mosqueta, que é uma florzinha típica da região. Eles não querem que seja um serviço padrão e com comidas iguais ao restante do mundo, sabe? Super recomendo a estadia tanto pelo ambiente como também pelo serviço!

Lodge at Valle Chacabuco

Foto: And Beyond

Outro espaço legal para passar a noite ou ficar mais de um dia descansando é o Lodge at Valle Chacabuco. Ele fica aberto somente de outubro a abril, então só é válido se você planeja percorrer a Carretera Austral nessa época. Mesmo assim, resolvi mencionar ele por ser um hotel muito agradável e com uma decoração linda.

Quem curte espaços mais aconchegantes e com um estilo bem tradicional irá amar o local, especialmente por causa dos detalhes em madeira e os sofás e poltronas espalhados na sala principal do hotel. Por ter apenas 10 quartos disponíveis, recomendo que você logo entre em contato com o hotel se tiver interesse em ficar nele. 

Robinson Crusoe Deep Patagonia

Foto: Gessato

Para fechar a sua viagem de uma maneira maravilhosa, o Robinson Crusoe Deep Patagonia é uma das melhores alternativas. Toda a equipe do hotel nos recebeu muito bem e cada detalhe do quarto nos deixou encantados – desde o aquecedor que mantinha o ambiente quentinho, até a comida do restaurante.

É difícil se sentir em casa estando longe, mas tive essa sensação ao ficar hospedada lá. A localização também é incrível, já que fica na Villa O’ Higgings, conhecida como o ponto final da Carretera Austral. Depois de alguns perrengues no caminho, não há nada melhor do que um bom lugar para descansar, né?

***

Não se esqueçam que conforme você desce a Carretera Austral, o clima tende a ficar cada vez mais frio. Se quiserem saber quais são as peças essenciais para essa viagem é só clicar aqui. Ah, é possível assistir um pouquinho da nossa experiência por lá no canal 😉