Quem aí ama road trips? Fico sempre animada com a ideia de andar de carro por lugares desconhecidos e curtir até mesmo o tempo de trajeto entre os pontos de parada. Em 2017, por exemplo, eu e o Paulo realizamos o sonho de fazer uma viagem pela Rota 66, na Califórnia. Foi inesquecível e vocês podem conferir toda a nossa experiência nos vlogs disponíveis no canal.

Outra vontade que eu sempre tive era a de explorar um lugar completamente novo com um motorhome. Felizmente, conseguimos realizar esse desejo fazendo uma road trip incrível pela Nova Zelândia. Ah, e para quem não sabe, motorhome é aquele veículo grande e comprido, com uma cabine traseira que funciona como uma casa. Lá ficam a cozinha, o quarto e também o banheiro. É tudo bem pequeno e apertadinho, mas é aquele tipo de passeio que rende muitas histórias!

Para uma viagem como essa dar certo, é preciso ter um bom planejamento desde o início. Por isso, se você também sempre quis passear por aí com um motorhome, já pode se preparar para anotar todas as dicas que vou dar agora! Aqui no site já existe um post com informações gerais para road trips, então dessa vez vou focar especialmente no motorhome, ok?

Vantagens

Foto: @nocedanielle

Tem coisa melhor do que fazer o seu próprio roteiro e tudo dentro do seu tempo? Diferentemente de pessoas que viajam com agências de turismo, com tudo já previamente programado, todo o planejamento da viagem depende apenas de você. Além disso, há uma liberdade maior na escolha dos passeios, já que você pode adaptar o passeio de acordo com as suas preferências. Também não há uma preocupação muito grande com o transporte, considerando que a sua “casa” é também o seu veículo!

Apesar de muitas pessoas acharem que viajar de motorhome sai mais em conta do que ficar em hotel, essa não é bem a verdade. A hospedagem dos campings é obviamente mais barata. No entanto, dependendo do modelo de motorhome, o valor do aluguel acaba sendo bem próximo ao de um hotel. Sendo assim, se o seu intuito é economizar, faça bem as comparações entre os valores. De qualquer forma, viagens nesse estilo são únicas e valem a pena principalmente pela experiência 😉

Aluguel do motorhome

Foto: Tobias Weinhold

Como eu já adiantei para vocês, o valor do aluguel do motorhome depende do tamanho e das funções disponíveis dentro dele. Como eu e o Paulo viajamos sempre com muitas malas, demos preferência para o veículo para 4 pessoas (e ainda sim nossas malas ficaram bem apertadas!).

Para saber quais os modelos, você precisará pesquisar aqueles disponíveis no site de aluguel do seu destino escolhido. No caso da Nova Zelândia, por exemplo, dê uma olhadinha no Maui Rentals e no Jucy Rentals. Aqui no Brasil, um dos sites mais bem recomendados é o Motorhome Trips!

Outro cuidado que deve ser tomado é quanto ao seguro do motorhome. Por mais que seja um valor adicional, não deixe de comprar o seguro total do veículo. Alguns problemas pelo percurso podem ser evitados, mas imprevistos sempre acontecem.

Documentação

Foto: RawPixel

Alguns países pedem pela Permissão Internacional para Dirigir (PID) para deixar que você dirija um veículo, como no caso da Nova Zelândia. Além disso, é necessário também ter a carteira de habilitação na categoria B, que é aquela para veículos de 4 rodas. Não esqueça também do passaporte e vistos válidos – documentos básicos de toda viagem internacional.

Por mais que nem todo lugar exija a PID, recomendo que você a tire de qualquer forma. Afinal, a nossa carteira de habilitação é toda em português e corre o risco das autoridades locais não aceitarem. Melhor já ir bem prevenido, né?

Planejamento da viagem

Foto: Ines Álvarez Fdez

Essa é a parte mais importante de uma viagem, e também a que requer mais trabalho. Primeiro de tudo, você precisa escolher um destino que receba bem turistas em motorhome. O Canadá, Estados Unidos, Austrália e Nova Zelândia são alguns dos países mais comuns para quem procura fazer uma viagem como essa. Outra coisa que deve ser levada em consideração é quanto as cidades que farão parte do roteiro. Evite cidades grandes e faça uma viagem mais alternativa, conhecendo lugares que não seriam tão óbvios.

Definir o itinerário completo do passeio também é importante para calcular a gasolina, o tempo entre os pontos de parada e a quantidade de comida suficiente para o tempo que você passará na estrada. Você também precisa se preocupar com os lugares para parar o motorhome durante a noite. Esses espaços são chamados de campgroungs e costumam ser usados também como estação para abastecimento de água do motorhome e despejo de esgoto. E sim, você é o responsável por descartar todos os dejetos do veículo!

Nem todos os campings contam com essa opção de despejo do esgoto (drump station), por isso pesquise bem antes. Além disso, muitas funções do carro normalmente dependem da bateria e você precisará carregá-la. Ah, caso você queira tomar banho em um lugar maior, opte por um campground com banheiros.

Condições da estrada

Foto: Abigail Keenan

Essa dica também faz parte do planejamento, mas achei melhor deixá-la separada por ser muito importante. Nunca faça o roteiro sem antes checar as condições das estradas e ruas que farão parte do seu trajeto. Alguns lugares podem ser mais perigosos do que outros, por isso fique atento quanto aos tipos de estradas pelas quais você passará e se todas elas estão realmente abertas e funcionando.

Outro fator que deve ser levado em consideração nesses casos é o clima. Algumas partes do mundo ficam com as estradas congeladas em períodos de inverno muito rigoroso, por exemplo. Por esse e outros motivos, escolha bem a época do ano em que a viagem será feita para que não ocorram imprevistos como esse.  

***

Se você ficou com curiosidade de saber como seria uma viagem de motorhome, não deixe de ver os vídeos no nosso canal pela Nova Zelândia! Vamos compartilhar toda a nossa experiência com vocês 😉