Quem não ama comprar roupas e ainda sim economizar? Eu, pelo menos, adoro garimpar em brechós pelas cidades que visito para encontrar peças diferentes. Confesso que pode ser um trabalho um pouco cansativo, já que nesse tipo de loja temos que procurar mais a fundo algo que tenha nossa cara.

Ainda sim, vale muito a pena dar uma passada em brechós, tanto os da nossa própria cidade como também de lugares que passamos quando viajamos. Já fiz posts de brechós em Roma, Boston, Amsterdã, Buenos Aires e agora chegou a vez de Lisboa!  

Retroshop

Foto: TimeOut

A LX Factory é cheia de lugares diferentes e descolados, sendo que alguns deles são voltados para objetos e artigos vintage. Uma dessas lojas é a Retroshop! Nela você irá encontrar máquinas de escrever, máquinas fotográficas analógicas, rádios e várias outras coisas de épocas passadas.

Mesmo que você não vá comprar nada, é interessante para quem curte ver objetos antigos. Em alguns casos, essas peças antigas podem ser usadas até mesmo como decoração. Alguns letreiros neon e quadrinhos também são vendidos por lá. Dê uma boa olhada em tudo, já que você pode acabar encontrando algo legal, né?

A Outra Face da Lua

Foto: Elle

Localizada bem no centro de Lisboa, A Outra Face da Lua é uma das melhores lojas para quem curte roupas vintage. Algumas das camisas são super estampadas e com desenhos bem diferentes. Outras já são mais tradicionais, como as peças jeans – jaquetas, shorts e calças em ótimo estado e por um preço bem em conta.

Uma das coisas mais interessantes em relação a marca é que eles se preocupam com a sustentabilidade, então o negócio surgiu de uma visão ecológica dos sócios João Galiza, Carla Belchior e Nuno Lopes. Eles também contam com um pequeno café dentro da loja, vale a pena dar uma passadinha por ele!

Lojas Humana

Foto: Divulgação

A Humana já tem 7 lojas espalhadas por Lisboa, então você pode escolher a que estiver mais perto de você para visitar. Assim como A Outra Face da Lua, eles se preocupam em reaproveitar roupas e dar um novo destino a peças que seriam descartadas.

O local não tem um estilo de público definido: ele é frequentado tanto por pessoas que querem economizar quanto por aqueles atrás de itens vintage. Todos os brechós da rede costumam ser bem grandes, pode ter certeza que você encontrará pelo menos uma ou duas peças interessantes no meio de todas as roupas expostas 😉

Retro City Lisboa

Foto: @montaguplace

Para encontrar peças de variadas cores, texturas, cortes e diferentes épocas é só ir até a Retro City Lisboa. A diversidade de roupas, sapatos e acessórios desse brechó é enorme e os preços são ótimos. É possível montar um look completo apenas com os produtos vendidos por lá!

A maioria das peças são dos anos 50 até os anos 90. Inclusive, muitas peças comuns dos anos 90 estão sendo usadas novamente. Eu e o Paulo até mesmo gravamos um vídeo bem divertido tentando descobrir se as fotos eram atuais ou antigas. Se vocês quiserem assistir, é só clicar aqui.

Pop Closet

Foto: Divulgação

Com uma pegada um pouco mais jovem e com peças mais atuais, o Pop Closet é a loja ideal para quem está atrás de blusas corta vento vintage ou suéters bem fofos. A curadoria das peças é feita com muito cuidado, por isso todas as roupas por lá seguem a mesma linha de estilo e de padrão de qualidade.

Um dos critérios do stylist do local, Antônio Branco, é que roupas de fast fashion não farão parte dos produtos vendidos no brechó. Pensando por esse lado, acho interessante comprar peças do Pop Closet porque elas serão únicas e super originais 🙂

Às de Espadas

Foto: Divulgação

Por último, mas não menos importante, a Às de Espadas. Tanto as roupas quanto o ambiente do brechó são bem vintage, é como se você fosse teletransportado para outra época. As peças são todas bem antigas, mas em perfeito estado.

Confesso que acho a arrumação da loja um pouco bagunçada, pelo menos vendo pelas fotos. Ainda sim, ela é muito elogiada por ter uma variedade de produtos e tamanhos, além de diferentes marcas e estilos bem diferentes.

***

Acho interessante comprar roupas em brechós, principalmente pensando em sustentabilidade e no tempo de vida de cada peça. E você, tem o costume de comprar roupas em lojas desse tipo? Se a resposta for não, tente ir em pelo menos uma! Prometo que vale a pena 😉