O que não faltam pelo nosso planeta são destinos paradisíacos. As Filipinas, por exemplo, são apenas uma parcela dessa categoria. Por serem ilhas com uma beleza natural tão incrível, elas atraem turistas do mundo todo durante o ano. O arquipélago, formado por mais de 7 mil ilhas (sim, tudo isso!), fica localizado no sudeste asiático. Apesar de ser composto por tantas ilhas, as 11 maiores acabam representando a maior parte do território.

Para você entender melhor a composição das ilhas, vou dar uma explicada em como se localizar por lá. O arquipélago possui três divisões/grupos: Luzon, Visayas e Mindanau. Manila, que é a capital do país, fica em Luzon. Já as ilhas mais procuradas pelos turistas ficam em Mindanau. Agora que você já sabe o básico sobre o local, vamos para outras informações mais específicas 😉

Quando ir

Foto: Michael Louie

O clima nas Filipinas é tropical. Sendo assim, eles contam com basicamente duas estações durante o ano: a seca e a úmida. Geralmente a época do ano em que chove menos fica entre os meses de novembro e maio, por isso o período entre esses meses é considerado o melhor para conhecer a região. Ah, e vale ressaltar que o clima nas ilhas nem sempre será o mesmo!

Outro fator importante para ser levado em consideração é que de julho a setembro as chances de ocorrerem tufões é maior. Além disso, janeiro e fevereiro possuem temperaturas mais amenas. Ou seja, se você for aquela pessoa que ama o calor, evite viajar nesses meses.

Como chegar

Foto: Benjamin Voros

Por ser a capital do país, Manila é a porta de entrada para as Filipinas. Aproveite para fazer um passeio pela cidade antes de embarcar para o próximo destino. Caso queira ter uma ideia do valor das passagens, clique aqui. Depois de chegar em Manila, você precisará pegar um voo para chegar às ilhas mais turísticas. Os voos internos costumam ser mais baratos, por isso não fique tão assustado com o valor das passagens até Manila.

Onde se hospedar

Foto: Roxanne De La Peña

Com tantas opções de hospedagem, fica até mesmo difícil decidir onde ficar nas Filipinas. Uma das áreas mais turísticas e com maior movimento é Palawan, que conta com hotéis como o Astoria e o El Nido Resorts Pangulasian Island.

Outras alternativas que também valem muito a pena são Boracay ou Panglao. Para esses dois lugares, duas das melhores acomodações são o Shangri-La’s Boracay Resort and Spa e o Eskaya Resort. Cada ilha possui uma característica diferente, por isso pesquise bastante sobre cada uma delas antes de fazer uma decisão definitiva.

Moeda local

Foto: Jonathan Brinkhorst

Vá preparado para fazer a maioria dos pagamentos em dinheiro! Embora alguns estabelecimentos aceitem cartões de crédito e débito, essa não é a regra para a maioria. Por esse motivo, reserve uma boa quantia para conseguir fazer tanto pagamentos pequenos como também outros maiores, indo de alimentação à estadia.

OBS: a moeda oficial da região é o peso filipino. Atualmente (janeiro/2019), R$ 1,00 corresponde em média a  ₱ 14,00.

Gastronomia

Foto: Olivia’s Cuisine

Temos uma coisa muito em comum com a gastronomia das Filipinas: eles também usam o arroz como base para boa parte das refeições. Quase todas as principais refeições são servidas com esse ingrediente, que costuma ser acompanhado com frango, frutos do mar ou carne de porco.

Se você curte frutas cheias de sabor, não deixe de provar também pela manga das Filipinas. Ela é um pouco menor que a manga que encontramos no Brasil, mas com duas grandes vantagens: costuma ser mais doce e com menos fibras ou “fiapos”. Consequentemente, a fruta é usada tanto para sucos como também para sobremesas.

Como se locomover

Foto: Toa Heftiba

O sistema de transporte de Manila é parecido com os meios de toda e qualquer cidade grande. No geral, aplicativos de carro e transporte público funcionam bem por lá. No entanto, as cidades menores ainda não contam com um sistema eficiente, sendo que cada uma delas desenvolveu um transporte diferente.

Um dos meios de transporte mais comuns por lá são os triciclos. Além deles, há também motos e barcos. Ah, e vá preparado para caminhar bastante. O pagamento das corridas pode ser feito tanto de acordo com a distância percorrida como também pela quantidade de minutos ou horas.

Principais destinos

Foto: Eibner Saliba

A parte mais complicada de montar um roteiro pelas Filipinas é decidir quais serão os lugares visitados. As opções são inúmeras e todas elas são lindas. Uma das ilhas mais turísticas da região é Boracay. Toda a sua fama não é à toa, já que a areia é super branquinha e as praias são maravilhosas. O pôr-do-sol visto dessa área também é um must do!

Para conhecer pontos turísticos diferentes, vá para Palawan. Por lá ficam localizados lagos lindos e cenários que parecem ter saído de um sonho. Cebu também é outro lugar que não pode ficar de fora da sua rota. As águas cristalinas do local e as cachoeiras são simplesmente surreais.

***

Preparados para começar a planejar uma viagem inesquecível pelas Filipinas? Prometo que esse destino será surpreendente e irá te proporcionar experiências maravilhosas 😉