Eu e o Paulo fizemos uma viagem bem curtinha para Istambul há um tempinho atrás e adoramos o lugar. A cultura da cidade é bem diferente e os lugares que fomos são simplesmente encantadores. Como vocês já sabem, eu adoro conhecer a história das cidades e entender um pouco dos moradores de cada local. Em Istambul não foi diferente: visitamos alguns museus e experimentamos várias comidas típicas. 

Para aproveitar bem a sua viagem você precisa saber umas coisinhas básicas sobre lá, então fiz essa listinha com os itens que acho mais relevantes para ajudar vocês 🙂

Onde ficar

Foto: Hand Luggage Only

No período que ficamos por lá passamos por três hotéis e eu amei todos eles. O primeiro foi o Le Méridien Istanbul Etiler. Fomos super bem recebidos e o quarto era muito confortável. A segunda indicação é o W Istanbul, que também tem uma estrutura incrível e funcionários ótimos. O último, e o meu favorito, é o The St. Regis. Ele é um dos hotéis mais lindos que eu já fui na vida, juro! Além da hospedagem ser maravilhosa, eles servem um café da manhã delicioso.

No geral, é legal se hospedar perto de Sultanahmet ou Beyogolu. Outros lugares bons para ficar são em Ortaköy e Nişantaşı. Escape dos hotéis que ficam muito longe do centro, porque isso pode dificultar bastante no seu deslocamento pela cidade.

Locomoção pela cidade

Foto: Paulo Cuenca

O trânsito em Istanbul é uma loucura, acho que é tão ruim quanto o de São Paulo nos horários de pico. Para você evitar esse transtorno, o transporte público é uma boa opção. Ele funciona super bem e te leva nos principais pontos da cidade. Caso você fique por uma semana ou mais, não deixe de comprar o Istanbulkart. Ele é, basicamente, um cartão aceito em todos os meios de transporte públicos. Você paga um valor bem baixo por ele e depois é só colocar o crédito.

Para lugares que não são tão distantes, uma caminhada é sempre bem-vinda. A cidade é cheia de gatinhos pelas ruas, eu mesma me distrai várias vezes para brincar com alguns deles. Os moradores de lá não têm a cultura de manter os animais de estimação dentro de casa, por isso eles ficam do lado de fora. Mas não pense que eles passam fome ou coisa do tipo! Eles são super bem tratados por todos. Você, por exemplo, pode comprar alguma coisinha e dar para algum deles.

Quando ir

Foto: Reddit

A única época do ano que eu diria para você evitar ir em Istambul é o inverno. No caso da primavera e do outono, as temperaturas são agradáveis e os dias são ótimos para passear. O verão é uma das épocas mais movimentadas da cidade e o clima fica bem quente, mas ainda sim é um tempo delicioso para curtir as tardes passeando e conhecendo novos lugares.

Já no inverno, que acontece entre dezembro e março, as temperaturas ficam bem amenas e a região fica coberta de neve. Esse tipo de clima pode atrapalhar alguns passeios e você também pode não se acostumar muito com ele, porque é muito frio mesmo. O lado bom dessa época é que os preços de hospedagens e passagens ficam bem mais em conta!

OBS: dê uma pesquisadinha em quando acontecerão os feriados religiosos do ano que você for, porque muitos lugares ficam fechados ou então abertos por menos tempo 😉

Mesquitas

Foto: Paulo Cuenca

Istambul tem uma grande diversidade de mesquitas. Eu e o Paulo visitamos apenas algumas, mas existem muitas outras além das que vou citar para vocês agora. Para você entrar nesses lugares é preciso estar com o corpo todo coberto e, no caso das mulheres, cobrir o cabelo também. O ideal é que você já vá com uma roupa apropriada e leve um lenço, mas, caso você não tenha, eles te oferecem antes de sua entrada.

Conhecemos a Mesquita de Ortaöy e ela foi uma das minhas favoritas. O lugar é todo iluminado e te traz uma sensação de paz que é inexplicável. Também fomos em outras duas maiores, a Mesquita Azul e a Mesquita Nova. Não deixe de ir na Mesquita Hagia Sophia: lá existe uma parede com um furo e você pode colocar o dedo nesse local e fazer um pedido. Caso esse desejo seja realizado, você deve voltar até lá e agradecer.

Lugares para visitar

Foto: Paulo Cuenca

O bairro Ortaköy é um dos mais interessantes para conhecer. Ele fica perto de outras atrações turísticas, como a ponte de Bósforo, e é cheio de lojinhas e restaurantes legais. Sultanahmet é um ponto de parada obrigatório. Ele concentra várias atrações da cidade e você com certeza vai passar mais de uma vez por ele.

Tire um dia para conhecer o Topkapi Palace Museum, uma das atrações de Sultanahmet: é um palácio enorme e cheio de salas diferentes. Os azulejos do interior do lugar são maravilhosos. É aquele tipo de construção cheia de ouro e detalhes que te deixam impressionados, sabe?

Por último, mas não menos importante, a Cisterna da Basílica. O local foi construído para ser um reservatório de água da cidade, mas atualmente não está mais ativo. Ela fica bem pertinho da Mesquita Hagia Sophia, então não custa nada dar uma passadinha por lá!

Centros comerciais

Foto: Dennis Jarvis

O Grand Bazaar é o centro comercial mais típico de Istambul. O lugar é gigante e lotado de coisas, desde joias até tapetes e alimentos. Algumas das lojas que eu mais gostei foram a Ottomano e a Abdulla Natural Produtcs. Ele é um dos mercados cobertos mais antigos do mundo, vale muito a pena conhecer! Além dele também vá até o Bazar das especiarias: um local cheio de cores, sabores e perfumes. Lá eu tomei um chá de romã incrível e provei doces super gostosos no Hayat Turkish Delights.

Agora uma dica bem importante: pechinche pelos produtos! Essa prática é bem cultural por lá e você consegue até mesmo 50% de desconto se for bom de conversa. Não precisa ter vergonha de pedir por um preço mais baixo, porque eles até mesmo esperam por isso.

Alimentação

Foto: Dave Bakes

Existem várias comidas típicas da cidade que você precisa provar, como o sïmit. Esse alimento é como se fosse o pão francês deles! Ele é um pão em formato circular e você o encontra em vários lugares. É comum em várias refeições do dia, ou seja, vai ser quase impossível você não comer um sïmit pelo menos em um dos dias da sua viagem. Eles também tem o costume de comer bastante fruta e fazem saladas maravilhosas.

Alguns dos restaurantes que nós fomos e gostamos são o The House Café, o Mikla Restaurant, o Nopa e o Güven Kuruyemiş. Ah, caso você queira algo que não saia do seu habitual, é só ir para algum Starbucks. Eles ficam espalhados por toda a cidade, no entanto eu sempre recomendo conhecer as comidas típicas que você não vai encontrar com facilidade em outros lugares do mundo.

Cruzeiros

Foto: Paulo Cuenca

O cruzeiro por Bósforo é um dos passeios mais turísticos da cidade e um dos mais lindos. Resumidamente, é um cruzeiro que percorre o canal de Bósforo que liga o Mar Mármara e o Mar Negro. O passeio proporciona uma visão maravilhosa do mar e da cidade, viu? Ele sai do porto de Eminonu, pertinho da ponte Galata. O passeio dura em média uma hora e pode ser feito todos os dias da semana! Nós não chegamos a fazer o cruzeiro, mas passeamos de Barco pelo Mar Morto e foi um dos passeios mais gostosos da viagem. 

***

Conhecer Istambul pela primeira vez foi uma experiência incrível e eu adorei cada cantinho da cidade. Nós mostramos nos vlogs um pouco mais pra vocês, então deem uma olhadinha neles. O nosso roteiro também está disponível para quem quiser programar uma viagem parecida com a nossa 😉