Montar uma mala nunca é uma tarefa fácil, mas confesso que na viagem pela Carretera Austral a dificuldade foi muito maior. Preciso começar falando que essa região não tem uma temperatura média muito definida – alguns lugares fazem muito calor e outros um frio absurdo. E como se já não bastasse esse probleminha térmico, lá chove muito!

mala-de-viagem-carretera-austral-patagonia-chilena-o-que-levar-danielle-noce-1

Como foi a minha primeira vez lá, fiz um vídeo mostrando os meus erros e acertos na mala. Para que vocês não precisem comprar nada de última hora e saibam o que é necessário levar na viagem, decidi colocar tudo bem explicadinho aqui no blog.

Básicos

Não adianta, existem algumas peças que sempre vão estar na mala. Além de cuecas, calcinhas e tops, uma boa calça de moletom e camisetinhas superconfortáveis são muito bem-vindas. Como passamos muitas horas no carro, estar com roupas soltas é sempre a melhor opção!

Para se proteger da chuva

A capa de chuva é com certeza um item indispensável nessa viagem. Nem tente procurar um modelo bonitinho que não tenha um capuz amplo ou que seja mais curto, para fazer esse roteiro você vai precisar de peças larguinhas e bem compridas 😉

Você também pode optar por uma jaqueta impermeável. Seguindo a mesma premissa da capa, o modelo precisa ser bem largo para que você consiga colocar várias camadas de roupa por baixo!

Calça impermeável

Para parte debaixo, existem algumas calças ótimas. Eu nem tinha pensado em levar uma calça impermeável quando fui para lá, mas no meio da viagem percebi que é uma necessidade real. Os modelos são sempre bem amplos e fáceis de colocar no meio de uma trilha, por exemplo. Além de leves, essas calças são extremamente práticas e podem ser levadas com facilidade na mochila.

DryFit

Outro ponto superimportante são as calças leggings. Nós, mulheres, sempre temos algumas opções em casa, mas nem pense em colocar um modelo de algodão nessa mala, viu? As calças nessa viagem precisam ser DryFit para secar rápido! Ninguém merece ficar passando frio com uma calça encharcada em um passeio, né?

Para se proteger do frio

Roupas térmicas já! Uma calça e uma blusa térmica são itens obrigatórios na Patagônia. As peças são fininhas, leves e não ocupam quase nenhum espaço na mala. Investir em tecidos tecnológicos é sempre a melhor opção.

Casacos corta-vento

Os casacos e jaquetas de fleece também são muito importantes. Esqueça modelos de lã e casacos superpesados, nessa viagem quanto maior a praticidade, melhor! Nós usamos as peças do tecido por baixo de capas de chuva e casacos impermeáveis.

Casacos maiores

Casacos quetinhos também não podem ficar de fora. Os modelos mais “gordinhos” da The North Face, por exemplo, são ótimos!! Além de serem peças extremamente leves, eles esquentam demais! Como a temperatura varia muito durante o dia, ter um modelo fácil de transportar é excelente!

Acessórios

Os acessórios de inverno não podem ser deixados de lado! Luvas, cachecóis, gorros e até meias térmicas (com secagem rápida) são ótimos para o dia a dia. As peças são pequeninhas e fazem a maior diferença!

Roupas fresquinhas

Como eu falei no começo do post, a região da Carretera não tem uma temperatura definida. Passamos por regiões superquentes e, para essas ocasiões, shorts, bermudas, saias e regatinhas foram indispensáveis. Como sempre, lembre-se de procurar por roupas DryFit pois elas secam bem rápido 😉

Calçados

O tênis de corrida sempre vai valer a pena! Opte pelo modelo mais leve e confortável que encontrar, não tem erro!

Botas impermeáveis

Claro que uma boa bota impermeável não poderia ficar fora dessa seleção! Como eu comentei no vídeo, os modelos mais justinhos na perna e no calcanhar são os melhores, pois não entra água de forma alguma!

Mala

Por último, mas não menos importante, a uma boa mala faz toda a diferença. Não leve malas gigantes, mas procure por um modelo bem resistente! Selecionei alguns modelos diferentes e até algumas opções para quem for fazer um mochilão 😉