Eu tenho um carinho enorme por Amsterdam. Acho a cidade incrível e cheia de cantinhos gostosos – não é à toa que eu e o Paulo já cogitamos a ideia de morar por lá. A atmosfera e o clima são encantadores e é praticamente impossível não gostar da região. Para aproveitar bem a viagem todo mundo precisa de um bom lugar para se hospedar, afinal, é muito importante descansar depois de um dia passeando, né?

Amsterdam tem vários hotéis incríveis, principalmente hotéis boutique, que são os meus preferidos. Amo quando o ambiente é aconchegante e tranquilo, além de ter um bom restaurante. Fiz essa listinha com os melhores hotéis boutique da cidade, assim vocês já ficam com algumas opções de locais bem interessantes para hospedagem 😉

Lloyd Hotel & Cultural Embassy 

Foto: Pearlshare

Esse foi o hotel que escolhemos ficar na última vez que fomos para Amsterdam. A história do prédio em si é bem interessante, pois lá funcionava uma prisão e, por esse motivo, ele é considerado patrimônio histórico. Uma das coisas mais legais é que eles oferecem quartos para todos os bolsos, desde os mais luxuosos até alguns mais simples e econômicos.

Outro diferencial dele é a biblioteca e também um espaço dedicado a exposições, que mudam regularmente. Mesmo os quartos mais simples são super confortáveis e perfeitos para quem quer um bom hotel por um preço mais acessível. Ah, ele fica a uns dez minutinhos do centro da cidade, super perto!

The Dylan 

Foto: The Dylan Amsterdam via The Travel Magazine

O The Dylan é um hotel boutique elegante e refinado, com a decoração mais moderna. Ele é pequeno se comparado ao Lloyd, porque possui apenas 40 quartos. Como a disponibilidade de acomodações é menor, os preços variam menos, e os valores de hospedagem nesse hotel são maiores.

Logo atrás do prédio você encontra um jardim que faz parte do bar e do restaurante do hotel. É um ambiente bem agradável, principalmente para tomar algum lanche pela manhã nas mesinhas ao ar livre. A localização do The Dylan é ótima, bem pertinho de vários pontos turísticos, como o Museu Van Gogh e a casa de Anne Frank.

Hotel Roemer 

Foto: Benbie

Além de ter funcionários super atenciosos e simpáticos, o Roemer é um hotel daqueles bem charmosos. Dentro da fachada antiguinha, que tem a cara de Amsterdam, você irá encontrar um ambiente extremamente acolhedor e que equilibra características modernas com outras mais clássicas – vocês sabem que a gente ama esse mix, né?

Os quartos, apesar de pequenos, são confortáveis e a decoração tem cores bem neutras. O hotel tem somente 23 acomodações disponíveis e não é tão caro. Ele fica pertinho da Praça dos Museus, tornando fácil o acesso aos pontos turísticos.

Hotel Vondel 

Foto: Divulgação

O Hotel Vondel fica pertinho de Leidseplein, uma área da cidade que tem uma vida noturna bastante agitada. Mesmo ficando numa região mais movimentada, a rua do hotel é bem tranquila e ideal para quem quiser relaxar depois de um dia com a programação cheia.

O espaço do hotel é decorado com quadros contemporâneos, esculturas e pinturas que dão um ar descontraído ao ambiente. Os quartos também são super modernos e, embora os banheiros da maioria das acomodações seja pequeno, acredito que isso não seja um grande problema.

JL No76 

Foto: Fodors Travel Guide

A mistura de cores e objetos que compõem os espaços do hotel são super divertidas. Os tons das paredes se misturam com o resto da decoração e deixam o local mais despojado e moderno. Uma das coisas mais legais sobre o JL No76 é que ele é, na realidade, a junção de duas casas do século 18. É bem legal ver o contraste entre a fachada da construção e a forma como ele é decorado por dentro.

Quem quiser se hospedar em uma região bem central deve colocar esse hotel da wishlist. Ele fica próximo a várias lojas e pontos turísticos da cidade. Outra coisa bem legal em relação a ele é o serviço de aluguel de bicicletas, que te ajuda na praticidade e também na comodidade!

Hotel V Nesplein 

Foto: DNA Hotels

Assim como o JL No76, o Hotel V Nesplein também fica bem pertinho da região central. A diferença dele é que sua decoração é bem mais clássica e um pouco mais luxuosa, e eles também tem um espaço dedicado a leitura, com vários livros disponíveis. Os 43 quartos do hotel tem um toque vintage e, ao mesmo tempo, rústico.

Além de poder desfrutar dos quartos bem aconchegantes, você também pode relaxar na área do jardim do hotel, que é fresquinha e bem agradável. No geral, o V Nesplein tem bastante personalidade e é um ótimo exemplo de hotel boutique.

Misc Eatdrinksleep 

Foto: Iescape

O Misc Eatdrinksleep fica localizado em uma das melhores regiões de Amsterdam, porque fica próximo de lojas e também é extremamente fácil em relação ao transporte público para outros lugares.

Além disso, esse hotel tem uma decoração super diferente e vintage, sendo que a maioria dos espaços tem paredes de tons mais escuros ou então algum objeto de decoração que contrasta com o ambiente. Todos os quartos possuem temas diferentes, ou seja, nenhum deles é igual. Isso torna a experiência ainda mais única, porque você sabe que está em um lugar autêntico e original.

Morgan & Mees 

Foto: Travel Plus Style

Por último, mas não menos importante, um dos meus hotéis preferidos dessa lista. O Morgan & Mess tem um estilo que eu tenho curtido bastante recentemente: minimalista e que mistura tons claros com outros bem mais escuros. Para alegrar um pouco os ambientes, que possuem tons mais neutros, você encontra pequenos quadrinhos ou objetos que trazem cor, como vasos de plantas. E o que falar dos móveis? Impossível não morrer de amores por essa banheira azul, né?

Cada detalhe desse hotel é pensado e por isso tudo parece tão harmonioso e equilibrado. Os quartos são bem confortáveis assim como os ambientes de áreas comuns. Você terá fácil acesso a algumas das áreas mais movimentadas de Amsterdam, como a casa da Anne Frank e os famosos canais da cidade.

***

Essas foram as dicas de hotéis que separei para vocês! Além desses hotéis boutique, existem outras opções de acomodação pela cidade. Hostels, por exemplo, são ótimas opções caso você queira economizar. Se quiser ver um pouco da nossa viagem por lá e saber porque amamos tanto essa cidade, assistam aos nossos vlogs no canal 😉