Praticidade é tudo quando falamos de viagem, né? Um das coisas mais importantes para ter um passeio tranquilo desde o aeroporto é a escolha da mala! Para encontrar o melhor modelo, separei 5 pontos importantíssimos que você deve levar em conta antes de comprar a sua!

RÍGIDA OU DE TECIDO?

Foto: Paulo Cuenca (@nocedanielle)

Por levarmos muitos equipamentos nas viagens, eu e o Paulo preferimos as malas rígidas. Além de serem mais estruturadas e de não molharem, esse tipo de peça costuma durar mais do que os modelos em tecido. O ponto negativo é que, dependendo do material, elas podem quebrar com mais facilidade, afinal, nós sabemos que nos aeroportos a bagagem normalmente não é levada com cuidado. Mesmo assim, acho que a mala rígida tem muito mais vantagens do que desvantagens 😉

PESO

Foto: Travel + Leisure

Modelos leves sempre são melhores opções! De que adianta ter uma mala mega espaçosa e pesada? Vamos usar a nossa franquia com as nossas peças! Esse ponto é ainda mais importante para as malas de mão, porque a peça é simplesmente despachada se não estiver dentro do peso.

TAMANHO

Foto: Molly Alford

Como nós viajamos bastante temos malas pequenas, médias e grandes, mas se esse não é o seu caso, aposte nos modelos médios e em boas malas de mão. As malas muito grandonas são mais pesadas e podem ser ruins para viagens nacionais mais curtas. É claro que cada um tem um jeito de montar a mala e se você sabe que é uma pessoa exagerada, que gosta de viajar com muita coisa, vale mais apena investir em um modelo grande.

Independente do tipo de peça que escolha, sempre preste atenção na mala aberta! Existem alguns modelos que parecem enormes por fora, mas na verdade não são muito práticos e espaçosos por dentro :/ Outra dica legal para quem tem problemas na hora de fechar a mala na volta é procurar por modelos expansíveis; aqueles que possuem um zíper lateral que aumentam a largura da mala!

COMPARTIMENTOS

Foto: @eggcanvas

Compartimentos internos e externos são muito bem-vindos! Os externos, principalmente na mala de mão, são ótimos para viagens internacionais quando você precisa deixar documentos separados na hora de passar pela imigração. Na mala que será despachada, eu sempre gosto de ter pelo menos 2 compartimentos. Normalmente fica mais fácil organizar as necessaires/calçados de uma lado e as roupas do outro.

Quando a divisória interna possui um zíper é ainda melhor! Aquelas miudezas, como meias e roupas íntimas, podem ficar ali!

RODINHAS

Foto: Best Buy Blog

Viu uma mala bonitinha com duas rodinhas? Esquece! Peças com quatro rodinhas que viram 360° são sempre melhores! Além de você não precisar inclinar a mala para andar pelo aeroporto, ela ainda serve de apoio para sua bolsa ou mochila 😉 Quando estiver na loja, lembre-se de andar com a mala de um lado para o outro e ver se as rodinhas não travam e realmente deslizam bem pelo piso – não tem nada mais irritante do que ficar com uma mala empacando no meio do aeroporto!

***

Vocês prestam atenção em mais algum detalhe antes de comprar a mala de viagem perfeita? Conte aqui nos comentários!