Não é necessário ir muito longe para se encantar com paisagens deslumbrantes. Aqui na América Latina é possível encontrar lugares inacreditáveis e paisagens naturais de tirar o fôlego. Eu e o Paulo estamos cada vez mais apaixonados por viagens que permitem um contato maior com a natureza e não temos como negar que aqui no Brasil e nos nossos países vizinhos não faltam ótimos destinos!

As ilhas e arquipélagos dessa região são maravilhosos e, se você está planejando as suas férias, nada melhor do que sair um pouquinho dos roteiros mais tradicionais e explorar mais esses lugares incríveis.

Galápagos, Equador

Foto: Constantine Alexander’s Journal

A biodiversidade encontrada nesse lugar é de surpreender qualquer um! O arquipélago está a menos de mil quilômetros do costa equatoriana e é formado por 13 ilhas grandes e dezenas de ilhotas; todas de origem vulcânica. Foi observando fauna da região que ninguém menos que Charles Darwin desenvolveu a sua teoria sobre a evolução das espécies.

É claro que depois de saber disso a curiosidade para conhecer mais sobre as espécies que habitam o arquipélago aumenta e é exatamente por causa do crescimento do número de turistas que o governo do Equador limita a quantidade de pessoas que podem visitar as ilhas.

Foto: Pete Oxford/Minden Pictures/Getty Images (Travel + Leisure)

Além de observar a vida selvagem, que é a principal atração da região, Galápagos também tem lindas praias, grutas e as paisagens vulcânicas impressionantes! A maior parte dos turistas prefere fazer a viagem em um cruzeiro já que é possível conhecer mais ilhas em um período de tempo menor. Também é possível se hospedar em algumas ilhas do arquipélago (Isabela, Santa Cruz, San Cristobal e Floreana), mas será necessário alugar barcos para fazer os passeios.

Ilha de Páscoa, Chile

Foto: Folha do Oeste

Você com certeza já viu essa paisagem em pelo menos um livro de história! A Ilha de Páscoa é um dos lugares mais misteriosos e incríveis do mundo e, apesar de ficar a 3500 quilômetros da costa chilena, é um dos pontos que mais atraí turistas ao país. Além de ser superisolada, a ilha tem mais de 850 estátuas gigantes (chamadas de moais) espalhadas em seu território. A grande questão é como essas estátuas com mais de 4 metros de altura (em média) foram movidas? Até hoje não existe um teoria confirmada já que não existem registros escritos.

Los Roques, Venezuela

Foto: Holiday Guru

Barreiras de coral, praias calmas e mar tranquilo! Acho que só essas características já bastam para querer conhecer o arquipélago de Los Roques. A maior das ilhas é Gran Roque, onde fica o aeroporto e os principais hotéis da região. Apesar de não ser uma viagem com muitos luxos, o destino é perfeito para quem curte mergulho, já que a visibilidade e a fauna marinha são incríveis.

Não tem experiência em mergulho com cilindro? Relaxe, só com o snorkel é possível curtir muito, principalmente no passeio de barco pelas ilhas Rabusquí, Cote e Crasquí. Quer só relaxar? Não deixe de visitar a praia de Cayo de Agua!

Ilha de San Andrés, Colômbia

Foto: London Travel Clinic

Águas cristalinas e muito charme são as principais características de San Andrés. A ilha tem mais infraestrutura que Los Roques, bons restaurantes e os preços normalmente valem bastante a pena (principalmente para frutos do mar). Apesar de ter apenas 26 km², ela é a maior ilha do arquipélago de San Andrés e é ideal para quem quer curtir dias de praia e mergulhos.

Foto: Mochilando

Por ser relativamente pequena, a maioria dos turistas aluga um carrinho de golfe para se locomover e fazer o clássico passeio por toda a costa da ilha. Além disso, de lá é possível pegar um barco para conhecer duas ilhotas igualmente lindas: Aquário e Johnny Cay.

Fernando de Noronha, Brasil

Foto: Topo do Mundo

É claro que eu não deixaria de colocar um destino nacional nessa listinha, né? Tratando-se de ilhas e arquipélagos, fica difícil não citar Fernando de Noronha. O local é famoso no mundo todo principalmente pelos incríveis mergulhos com cilindro e vida marinha. Apesar de ser composto por 21 ilhotas, apenas uma delas, com 17 km², é habitada mas isso não tira a beleza do destino.

Nos passeios de barco, você provavelmente irá se deparar com golfinhos e tubarões. No entanto, não é necessário ir para longe da costa para encontrar animais marinhos, afinal, até mesmo na beirada da praia você encontra diversas espécies de peixes, tubarões pequenos e tartarugas 😉

Foto: Ideias e Dicas

Fernando de Noronha possui um número de visitantes limitados e é preciso pagar uma taxa ambiental para entrar. Esses dois pontos podem até ser considerados negativos para uns, mas o fato é que o arquipélago continua muito bem preservado.

***

E aí, ficou mais fácil ou mais difícil definir o destino das próximas férias?!