vinho-colonywine-ickfdFonte: Colony Wine

A indecisão é um problema, principalmente quando se trata de escolher uma boa garrafa de vinho. A novidade é que agora a tecnologia vai funcionar ao favor dos enófilos: duas empresas acabam de criar uma solução para isso. 

A Verve Wine, localiza-se em Nova York e foi criada por Dustin Wilson, Master Sommelier que já foi encarnado no cinema, no filme Somm.

Imagine ir em uma loja física ou on-line, preencher um questionário com as suas preferências de vinho com a ajuda de algoritmos? Incrível , não? Os dados são computados e o resultado fornece características de preferência bem determinadas, como nível de acidez, de taninos e de álcool. Um programa disponibiliza os dados e oferece os rótulos e, para quem quiser resenhá-los, a Verve Wine oferece dados ainda mais certeiros.

vinho-tabua-frios-tinamotta-ickfdFonte: Tina Motta

Já a Vinome confirma suas preferências do destilado pelo seu DNA. Como diz o seu nome, um trocadilho inteligente, entre vinho e genoma. A startup do Vale do Silício, local famoso por seus empreendedores, faz testes genéticos para indicar os rótulos para os clientes.

Os amantes de vinho que se interessarem recebem um kit que deve ser devolvido com uma amostra de saliva. Dessa forma, dez variáveis são analisadas para a montagem do mapa do palato, que cria as indicações da bebida ideal para cada pessoa. O custo para participar é de US$ 199.

vinho-e-tecnologia-julia-sardenberg-site-sonoma-foto-garrafas-de-vinho-enfileiradas-ickfdFonte: Sonoma