Mesmo não sendo um país muito conhecido por suas sobremesas, a Nova Zelândia é berço de muitas delícias. E, eu não sei vocês, mas acho incrível conhecer um pouco da história e cultura do local por meio da alimentação.

Para complementar a nossa série de vídeos sobre a Nova Zelândia, vou compartilhar com vocês um pouco sobre as sobremesas típicas do país. Algumas possuem histórias bem curiosas, então acredito que irão gostar de saber mais sobre elas 😉

Pavlova

Receita de pavlova

É difícil alguém nunca ter escutado algo sobre a tão falada pavlova. Entre as sobremesas da Nova Zelândia, essa é, sem dúvidas, a mais conhecida. A base de merengue costuma sempre ter um sabor mais neutro. Como complemento, uma cobertura de frutas vermelhas ou algum creme com frutas. Ficou com vontade de provar o doce? Já ensinei vocês a fazer uma receita de pavlova maravilhosa!

O curioso quanto a essa sobremesa é a sua criação. Australianos e neozelandeses estão sempre em disputa para decidir o real país de origem da pavlova. Discórdias a parte, o doce recebeu esse nome em homenagem à bailarina russa Anna Pavlova. Ela se apresentou em ambos países interpretando “A Morte do Cisne” por volta de 1925. O papel tornou-se tão memorável que rendeu essa deliciosa sobremesa – consumida mundialmente até os dias de hoje.

Lolly Cake

Foto: Ang Sarap

Se o lolly cake fosse um doce brasileiro, muitas crianças escutariam das mães aquela bronca para “parar de comer porcaria”. Feito com um tipo de doce que lembra uma massinha de marshmallow desses de saquinho, a sobremesa costuma levar na massa leite condensado, biscoitos e manteiga. Em meio a essa mistura, pedaços do docinho.

Por ter um interior bem colorido, é quase impossível para as crianças resistirem a essa tentação. Até mesmo os adultos entram na onda e comem uma ou duas fatias do lolly cake!

Hokey Pokey ice cream

Foto: Sugar and Charm

Quem aí ama um bom sorvete? O sabor mais tradicional do país é a clássica massa de baunilha com pedacinhos de caramelo de mel. Esse caramelo mais aerado e que entra como ingrediente do sorvete é o que eles acabam chamando de hokey pokey.

Apesar de ser um sabor de sobremesa bem doce, ele é queridinho pelos moradores da Nova Zelândia. Com o passar dos anos, ele também tem se tornado adorado por muitos turistas que passam pelo destino.

Lamington

Foto: Domestic Gothess

Assim como a pavlova, a origem do lamington também é incerta. Há quem diga que seja na Austrália. No entanto, há também quem acredita que a sua verdadeira criação aconteceu na Nova Zelândia. Como não estamos aqui para tomar partido, vamos nos contentar com a ideia de que essa é uma sobremesa tradicional dos dois países.

O doce nada mais é do que um bolinho com massa de pão-de-ló, coberto com uma calda de chocolate e coco. São ingredientes bem simples, mas que rendem uma sobremesa de deixar qualquer um com água na boca.

ANZAC biscuits

Foto: Delicious

Depois de mencionar doces bem gulosos, chegou o momento de falar sobre uma sobremesa um pouco mais nutritiva. Esse é o caso dos biscoitos ANZAC, sigla que significa Australian and New Zealand Army Corps. Preparado com aveia, farinha, coco, açúcar e outros ingredientes mais neutros, esse biscoito era enviado pelos familiares para os soldados que lutaram durante a I Guerra Mundial.

Por ser feito com produtos muito básicos, o docinho ficava conservado por mais tempo e resistia a viagem até os combatentes. Pode parecer bobo, mas tanto a Austrália como a Nova Zelândia levam muito a sério a produção desses biscoitos. Sendo assim, não deixe de procurar por um café ou mercado para prová-lo.

***

Gostaram de descobrir um pouco sobre as sobremesas da Nova Zelândia? Aqui no site nós também já contamos para vocês a história dos doces conventuais e das delícias francesas!